saga de uma tímida/insegura/atrapalhada/parva cujo dom é sonhar

Terça-feira, 27 de Abril de 2010

hoje teve quentinho o tempo. A minha mãe esteve adoentada e fiquei stressada com issdo mas até que estamos bem dispostos hoje. Hoje vi um reportagem sobre mães e pais homossexuais que vivem com os filhos. Confirma o que eu penso, a confusão está na cabeça das pessoas quje não vivem a situação. Axo que os problemas que as crianças têm passam pela discriminação que nos, heterossexuais temos. As crianças encaram aquilo com tal naturalidade que provavelmente nem percebem onde há ali motivo para descriminação. Eu axo que realmente a coisa demora a entrar na cabeça da sociedade e o nosso país é pequeno pode dificultar a coisa, mas as coisas vão sendo encaradas com maois naturalidade com o tempo. Claro que é estranho, é um modelo de famuilia ao qual não estamos habituados, mas descriminar não resolve nada a não ser que hajam argumentos bem fundamentados e sinceramente pela maneira como vejo as coisas acontecerem de facto, e não baseando-me em teorias, nenhuma criança sofre pelo fracto de viver com duas mães ou dois pais por si só, sofrem isso sim por vezes com a ignorancia e discriminação gratuita das outras pessoa. E apesar de isso me fazer ficar um bocadinho apreensiva com uma eventual regularização da lei para que isso seja legalmente possivel em portugal, também não podemos parar porque as pessoas não estão habituadas. Mas é o que fazemos muitas vezes. Além disso, quantas familias há em que uma criança chama pai ou mãe a duas pessoas ou situações em que uma criança é educada só por mulheres sem que haja a questão da homossexualidade, enfim, aí ninguém é contra. A questão mopra sobretudo na descriminação em relação aos homossexuais, axo que muitas vezes, mesmo que inconscientemente, na realidade não é directamente a preocupação com a educação das crianças.  A questão devia discutir-se mais eu axo, as pessoas têm que compreender que não podem simplesmente discriminar o que não conhecem ou não compreendem, devem sim começar por tentar compreender efectivamente o que são e como são as coisas. Bom e foi o tema de hoje que me pos a pensar. Amanhã é dia de relaxar lool vamos lá ver se consigo estar calminha. O torcicolo continua sinceramente axo que é stress porque  aumenta em alturas mais stressantes mas se calhar tenho que ir ao médico. Ontem antes do teste estive com a J (a amida da univ) e apareceu uma outra rapariga e vi que a J não é assim tão parecida comnigo, é bastante mais desinibida em termos de estar com as pessoas e sair enfim, senti um bocado triste porque sentia sempre um apoio no facto de sermos parecidas. Mas não quero dar muita importancia a isso. Sou assim, tou a tentar limar algumas coisas que me fazem sentir menos bem e enfim, eventualmente encontro o meu lugar.

See ya

escrito por sonhadoraincuravel às 23:11
link do post | dar palpite | | | favorito

Concordo com aquilo que dizes :D a questão acaba por não ser da criança, que é prejudicada sendo educadas ou por dois pais ou duas mães, a questão acaba mesmo por ser a discriminação de toda uma sociedade que devia alargar os horizontes e mudar a sua mentalidade para algo que já vem de à muito e que não é uma doença, como já ouvi dizer :D enfim, eu até vejo a homossexualidade como uma coisa normal e acho que a questão da adopção devia ser aceite porque há muitas crianças que são abandonadas por os próprios pais e criadas quase sem o seio duma família com amor e tudo o que implica e há muitas crianças que precisam é de carinho e de uma família e não interessa se são de sexos opostos ou iguais, e se há pessoas dispostas a oferecer uma família às crianças que não as têm, familias de sexos iguais, penso que devia ser aceite.
Mas concordo mesmo com o teu ponto de vista. Este país precisa de evoluir :D Fica bem beijinhos
DolceScrittora a 30 de Abril de 2010 às 23:39


ora-deixa-ver-quem-é-esta-croma
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
17

21
22
23
24

25
28


últ. comentários
mais do que isso tou com preguiça de ler o que esc...
olá, como vais? este blog é bom se tiver pernas pa...
olá menina, como é que tu estás? saudades tuas.. v...
olá menina. então, como é que tu vais ? eu vou bem...
olá. já tinha muitas saudades tuas. como estás ? p...
olá! eu também ia cheia de esperanças, quando come...
ola responi tardeas respndi. Sim eu tenho POC e e...
Olá...andava a fazer uma pesquisa sobre poc e enco...
olá! saudades tuas. ainda bem que estás bem. vê se...
tive uma grande necessidade de apagar todos os blo...
Relógio
relojes web gratis
favoritos

2009.

pesquisar
 
Fazer olhinhos

blogs SAPO


Universidade de Aveiro