saga de uma tímida/insegura/atrapalhada/parva cujo dom é sonhar

Quarta-feira, 9 de Junho de 2010

ontem arrumei o armário da roupa do meu quarto e digo uma coisa, é impressionante a roupa que lá havia. ja não usava muita daquela roupa arrumei muita coisa pra sacos e pus no sótão, depois tenho que ver o que realmente posso dar porque tenho um certo problema em"deitar coisas fora" lool ou me trazem recordações porque gostava muito daquela saia, ou me trazem recordações porque não gostava nada daquelas calças lool enfim sou assim muito ligada as coisas e dou um significado a quase tudo o que tenho. apesar dos sacos de roupa que guardei ainda tenho nos armários roupa que já nem uso mas enfoim não consegui guardá-la porque é recente e inda tenho recordações dela lool sou mesmo parva mas sou mesmo ligada a essas coisas lool. Dizem que quem arruma assim é porque precisa arrumar as ideias. Não sei se arrumei a minha cabeça mas distrai-me. Agora estou xeia de alergia, doi-me a cabeça tenho o nariz entupido e tenho os braços a doer tou com fadiga muscular e doi. Quando fizer uma casa grande e luxuosa (isto foi o que disse à minha mãe que se riu e eu esclareci que era quando fizesse cinquenta anos e saisse nessa altura de casa lool) vou forra-la com armários e armarinhos para guardar as minhas coisas. Vou por muitos espelhos também. E passo a explicar, eu não tenho espelhos assim daqueles que possa ver os pés e a cabeça, ou vejo a parte de baixo ou a parte de cima e é uma coisa facil de resolver não é muito caro arranjar um espelho comprido mas acabo por nunca comprar e é uma coisa que falo sempre porque por mais parvo que pareça isso acaba por deixar que às vezes saia de casa a axar que estou bem, mas se calhar olho-me numa montra ou assim e axo que se calhar aqueles sapatos não estão muito bem ou então vejo-me assim numa montra e axo que a minha imagem é diferente do que pensava porque pareço mais baixa, mais redonda sei lá. A minha imagem corporal, a que tenho de mim mesma é esquisita. Quando estou com muitas pessoas e aquelas situações que estou mais insegura, a imagem que tenho de mim é diferente, mesmo a minha cara, tenho a sensação que é diferente não sei expplicar. Quando xego a casa e me olho ao espelho muitas vezes penso que afinal não tava tão mal como pensava, não tinha tantas marcas, não era tão redonda enfim, é complicado explicar mas axo que tenho um certo problema com a minha imagem corporal que tenho de mim mesma. Não sei se está relacionado com isso e não sei se já referi isso mas já tive anorexia. Quando andava aí no oitavo ano, prai com um metro e cinquenta e cinco pesava aí uns sessenta quilos. Estava redondinha. A minha mãe chamava-me a atenção para comer melhor e eu dizia que quem não gostasse que não olhasse mas a verdade é que com o tempo e adolescencia a coisa foi tendo efeito em mim e resolvi fazer dieta. Começou por ser uma coisa leve de tentar não comer porcarias e assim. Depois fui começando a ficar obssessiva, comnecei a perder peso e a gostar, comecei a procurar na net maneiras de emagrecer, fui comendo menos, comecei a pesar a comida que comia, a calcular as calorias, a zangar-me quando a minha mãe comprava coisas que não podia comer. Comecei a fazer cerca de oitocentas flexões por dia, a comer cerca de 600 calorias por dia que é qualquer coisa como metade do que se deve comer. Quando comias menos ficava toda contente. Comecei a sentir muito frio e o termo anorexia começou a surgir mas digo-vos que não me preocupava, se diziam que estava a ficar anoretica era porque estava magra e isso era bom. Cheguei aos quarenta quilos mais ou menos. Não posso dizer que estive exageradamente magra, era baixinha por isso estava mais ou menos bem, ali no limear do baixo peso mas sempre a tocar no normal. Um dia assustei-me porque, na loucura, lanxei um croissant porque não tinha almoçado nem tomado o pequeno almoço, mas depois de uma ou duas dentadas já tinha o estomago xeio. Assustei-me e forcei-me a comer o croissant. Nunca forcei o vômito, porque não conseguia mas não axava má ideia. Toda a gente me chamava a atenção, zangavam-se comigo e eu irritava-me mas quando me perguntavam se estava a fazer dieta para emagrecer eu dizia que não que era natural. Mas engraçado que as pessoas axam muito bem quando as pessoas perdem assim peso. Como digo eu nem fiquei muito com aquele aspecto doientio de estar com peso a menos mas mesmo assim sinto que as pessoas axam o maximo ser-se magrissima. Lembro-me da Monica Sintra a certa altura aparecer com um aspecto completamente doentio, estava magra de mais notoriamente com anorexia, pensei logo nisso quando a vi. Pois o comentario da pessoa que apresentava o programa disse que ela estava optima e toda a gente a ilogiou e também ela disse que não fazia dieta. As pessoas não são muito sensiveis à anorexia. Em geral as pessoas condenam, axam-se informadas e tudo o mais, mas quando alguém emagrace assim as pessoas axam muito bem. Eu comecei a alimentar-me normalmente axo que quando me chateei de ouvir sempre todos a dizerem-me que não podia ser assim que me iam levar ao médico. Então num rasgo de lucidez pensei que estava bem assim não precisava emagrecer mais e por isso podia comer mais um bocado para manter. Depois disso engordei de mais e emagreci outra vez, agora o peso vai oscilando. Já desejei muitas vezes ter essa força de vontade outra vez mas a verdade é que é perigoso, muito perigoso. É bom ser-se saudável isso é que é verdade e não é o peso necessáriamente que dita se somos mais ou menos saudaveis ou mais ou menos bonitos. Cada pessoa tem um peso ideal e como vi ha uns tempos num documentario, se genéticamente estamos programados para ter um peso, é dificil estarmos a fugir dele. Claro que agora é mais complicado porque os habitos alimentares são tão fracos que acaba por complicar a coisa. Mas futuramente axo que vamos acabar por perceber que o grande segredo não é fazer dietas, o grande segredo é educarmos os nossos filhos a terem uma alimentação saudável, sem se privarem de nada mas priveligiando aquilo que mais falta nos faz e melhor nos faz e claro, a praticar exercicio fisico. Se os nossos habitos forem esses desde cedo, temos tendencia a segui-los a vida inteira sem esforço ou sofrimento. E pronto, é a minha opinião e experiência.

See ya

escrito por sonhadoraincuravel às 14:52
link do post | dar palpite | | | favorito

Não és nada parva pu então se és, eu também sou. :D ainda tenho uma camisola dos meus 10 anos que adorava na minha gaveta de roupa que uso agora. Mas o resto da roupa, normalmente doou-a, mas objectos e brinquedos, nomeadamente aqueles bonecos em que puxas o fio e ele dá música , não consigo largar. :D Os sotãos dão mesmo jeito :D E também não sabia que já tinha tido anorexia, e é um assunto complicado...tenho duas raparigas na turma que pesam 43 a 45 kg, são mesmo magras e não conseguem engordar e irritam-se com isso. Quando as vi, pensei que eram mesmos anorexicas mas não têm problemas nenhuns, penso que é genético e têm as ancas muito pequenas. Mas não é daquelas que se vê mesmo os ossos. Eu com peso não tenho muita obsessão, só aquelas coisas básicas de manter e como também gosto de correr e de comer fruta , e não sou muito esquesita com a comida [é o que a minha mãe diz, do tipo só começei a gostar de arroz quando na escola dizia que fazia bem ao corpo e foi verdade lool], ajuda mas também não me acho nem muito gorda nem muito magra, é no meio :D Mas já estive numa fase em que era mesmo magra e noutra em que engordava a cada dia, mas acho que isso é normal, é do crescimento e então era mesmo aquilo que dizias "gosta quem quer". E tens razão, muitas vezes as pessoas criticam e quando está mal, dizem que está bem, não se apercebem da realidade que se passa. Eu só de ver os ossos das minhas costelas fico aterrorizada :D Mete-me mesmo impressão.
Em relação a Ele, já estamos bem e espero que dure, só temos é de conseguir falar profundamente lol e Obrigada por me aturares :D Fica bem Beijinhos
DolceScrittora a 9 de Junho de 2010 às 23:15


ora-deixa-ver-quem-é-esta-croma
Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11

13
14
15
18

20
21
22
24

27


últ. comentários
mais do que isso tou com preguiça de ler o que esc...
olá, como vais? este blog é bom se tiver pernas pa...
olá menina, como é que tu estás? saudades tuas.. v...
olá menina. então, como é que tu vais ? eu vou bem...
olá. já tinha muitas saudades tuas. como estás ? p...
olá! eu também ia cheia de esperanças, quando come...
ola responi tardeas respndi. Sim eu tenho POC e e...
Olá...andava a fazer uma pesquisa sobre poc e enco...
olá! saudades tuas. ainda bem que estás bem. vê se...
tive uma grande necessidade de apagar todos os blo...
Relógio
relojes web gratis
favoritos

2009.

pesquisar
 
Fazer olhinhos

blogs SAPO


Universidade de Aveiro