saga de uma tímida/insegura/atrapalhada/parva cujo dom é sonhar

Terça-feira, 6 de Julho de 2010

ele hoje ligou-me com voz de choro, o T. Depois disse para lhe ligar um bocado depois e ali estava eu em frente ao telefone a dar tempo para ele se recompor. Depois liguei-lhe e ele desligou e passados uns minutos atendeu e perguntou a coisa mais descabida, se eu não axava que ja era muito tempo para estarmos separados. Eu falei com ele e disse-lhe que tinha que ser assim que era a solução. Ele disse que podiamos estar mal mas assim não estava melhor e disse montes de vezes que gostava de mim e que tinha saudades minhas. Que situação. Foi tão constrangedor, tão triste. Ele tá mal, sempre foi a uma psicologa e diz que sabe que tem que me esquecer mas que não consegue e que sente que quando quiz resolver os meus problemas ele foi a primeira coisa de que eu me livrei. Eu disse-lhe para ele não por as coisas assim, que não era nada disso que isso não funcionava assim aliás ta a por varias coisas de uma maneira que só reforça que ele esteja assim. Disse-lhe isso e depois ele acabou por antes de desligar dizer que lhe custava mas para eu não falar para ele. Eu disse-lhe que quando quizesse então para falar. Depois ao fim da tarde tentou-me telefonar e não atendi, não estava com disposição sinceramente, já estava encomodada o suficiente. Mandou-me então uma mensagem a dizer para pensar com carinho se não quero dar-lhe oportunidade, se pode lutar por mim, que só me queria fazer feliz, que eu era linda enfim. Piorou ainda mais. Depois ainda me mandou outra, talvez porque não respondi, a dizer para esquecer a mensagem que tinha que me respeitar. Depois ainda me mandou outra a dizer que se axasse que valia a pena pra pensar com carinho, se não para ignorar a mensagem. Não vou ignorar a mensagem, mas não há nada para eu pensar. Amanhã vou-lhe responder, hoje não me apetecia mesmo, nem me apetece pensar muito nisso. Eu não sei o que lhe dizer, não posso fazer nada por ele por muito que gostasse de ajuda-lo. Estou numa situação mesmo constrangedora, não gosto de estar a fazer isto a alguém. Eu que tento tanto não provocar constrangimentos e não magoar as pessoas agora parece que sou a pior pessoa do mundo. Eu sei que não há uma maneira correcta de fazer as coisas mas acredito que a maneira como fiz as coisas não foi a mais acertada. Eu não me estou a penalizar demasiado, ja passei essa fase axo eu, mas é muito chato ter a sensação de estar a ser a causa destes sentimentos noutra pessoa. Começo a pensar se não projudiquei a vida dele, se ele vai estar assim muito tempo, se vai ficar deprimido enfim, que danos estou a provocar na vida dele. Mas já me custou mais, não vou mentir, houve alturas que não aguentaria estar a ser a causa destes problemas, mas agora talvez por estar mais separada dele não doi tanto. Não sei se voltaremos a ser amigos mas prefiro estar assim mais afastada enquanto ele estiver assim em baixo, quer porque é o melhor para ele, mas também porque estou melhor assim e por mais egoista que isso possa parecer eu também tenho que olhar pela minha sanidade mental. Magoa-me que ele esteja assim por minha causa, mas estou certa da minha decisão. Por isso é que apesar de eu sentir falta de conhecer alguém e de ser feliz numa outra relação, e é claro que sinto muito falta disso, axo que tão cedo não me vou conseguir meter assim noutra relação porque tenho medo que me aconteça a mim o que está a acontecer ao T. ou mesmo medo de voltar a provocar isto em alguém apesar de axar que não volto a fazer os mesmos erros que fizeram com que agora em parte seja responsavel por o T. estar assim. Os pais dele devem-me detestar nesta altura. Até tenho medo da cara deles quando me encontrarem. Mas estou bem e até foi um dia alegre cá por casa. Gosto quando andamos divertidos cá por casa axo que contagiamos uns aos outros com a boa disposição.

See ya

escrito por sonhadoraincuravel às 00:22
link do post | dar palpite | | | favorito

Ainda bem que andas mais bem disposta :D E o rapaz é um pouco indeciso, já tive nessa situação, mas depois do meu ex e eu acabarmos, ele não mandava sms do tipo, era mais a dizer que estava a chorar. Não estás a ter uma atitude egoísta, estás a ter a atitude certa em relação a ele. Ele tem de tomar consciência que já não voltas para ele e se o afastamento é solução, fazes bem. E quanto ao sofrimento dele, não te podes culpar. Não és tu que o causas, como já te disse, enquanto ele não seguir em frente e tomar consciência da realidade, não vai parar de sofrer...Pode ser que o psicologo ajude porque são professionais e talvez ele escute e interiorize isso. Mas não fiques triste nem te afectes com o sofrimento dele. Custa-nos porque estamos a magoar alguém e sabemos disso mas a realidade é que esse alguém também tem de pensar no nosso lado e muitas vezes não o fazem :| Vá, mas continua bem-disposta e a contagiar :D Fica bem Beijinhos
DolceScrittora a 6 de Julho de 2010 às 18:12


ora-deixa-ver-quem-é-esta-croma
Julho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
13
14
15
16
17

18
20
21
24

25
26
27
28
30
31


últ. comentários
mais do que isso tou com preguiça de ler o que esc...
olá, como vais? este blog é bom se tiver pernas pa...
olá menina, como é que tu estás? saudades tuas.. v...
olá menina. então, como é que tu vais ? eu vou bem...
olá. já tinha muitas saudades tuas. como estás ? p...
olá! eu também ia cheia de esperanças, quando come...
ola responi tardeas respndi. Sim eu tenho POC e e...
Olá...andava a fazer uma pesquisa sobre poc e enco...
olá! saudades tuas. ainda bem que estás bem. vê se...
tive uma grande necessidade de apagar todos os blo...
Relógio
relojes web gratis
favoritos

2009.

pesquisar
 
Fazer olhinhos

blogs SAPO


Universidade de Aveiro