saga de uma tímida/insegura/atrapalhada/parva cujo dom é sonhar

Sexta-feira, 29 de Outubro de 2010

No outro dia sai com a J. e depois com a C. nesse dia sai muito mais que o normal lool. Foi bom mas a C. la me veio falar outra vez no T. a dizer que leu mensagens na net da nova namorada a dizer pra ele acreditar que ela o vai fazer feliz e não sei quê. Eu sei que ela não faz por mal, é mais mexirico do que outra coisa e ela sabe que eu não tenho problemas relacionados com ele namorar. Pelo menos não tenho problemas directamente relacionados com isso porque na verdade mais uma vez isso me deixou triste. Tão triste. Porque raio é que tenho que saber isto por outras pessoas? Porque é que ele ta tão zangado comigo que me abuliu da vida dele? E depois por essa frase que ela escreveu é porque ele falou que tinha sofrrido e assim, imagino o que ele disse. Quando começou a namorar comigo ja tinha essas coisas de falar de uma namorada que tinha tido e que tinha sofrido muito e ão sei o quê quando eu sei que aquilo foi coisa de miudos. Ele é um bocado dramatico nessas coisas mas agora ta a fazer isso usando-me a mim e não gosto. Eu conheço-o, apesar de ser especulação não andará muito longe do que eu penso o que ele disse sobre mim e o que ele contou sobre o nosso namoro. Isso irrita-me. E entristece-me. Não consigo explicar, isto parece arrependimento, ciumes. Não é isso, eu tenho a certeza do que não sentia por ele. Mas é mais um a ignorar-me a substituir-me como amiga e se ele está bem porque é que me ignora. Estou mesmo magoada, faz-me sentir muito mal pensar nestas cisas. Não gosto de estar a saber destas coisas por outros é como se estivesse aqui qualquer coisa pendente, tenho coisas entaladas na garganta coisas que queria esclarecer, que lhe dizer na cara em vez de tar a sonhar com isso. Hoje não dormi nada, ontem não conseguia adormecer e de noite sonhei e foi uma m.... Ontem o dia podia estar a correr tão bem, sai, falei com pessoas, esta semana percebi varias pessoas a falarem comigo sem sentir aquela sensação que tão a olhar pra um bichinho e a tentar perceber qual era a minha. Falei com pessoas dos meus grupos quando passava por elas fora das aulas, saí com a J. e por isso estivemos fora do ambiente de aulas, sai com a C. que é sempre uma pessoa com quem estou muito mais descontraida. Mas caramba isto deitou-me logo o humor pra este estado. De cada vez que penso fico triste dá-me uma sensação no estômago. Começo a pensar no facto de ser ignorada e substituida pelos amigos, no facto de axar que não valho nada, no facto de me sentir inutil, começo a pensar nas coisas que disse ao T. e que não queria que ele contasse a ninguém mas tenho quase a  certeza que algumas coisas ja contou a pelo menos uma pessoa que saia connosco, não tenho confiança nele já. Eu não estava apaixonada por ele, sabia das mentiras infantis dele mas confiava nele a esse nivel, era meu amigo, o problema alias é que ele era meu amigo muito mais que namorado. Eu sinto-me arrogante porque quando acabamos e varias vezes disse aqui que não sentia falta dele assim, saudades ou assim, eu expliquei isso varias vezes aqui. Sinto-me arrogante porque agora que ele começa a estar bem eu fico triste de cada vez que penso nele e na amizade que se foi. Mas axo que não somos perfeitos. Erramos todos de vez enquando. E continuo a aformar o mesmo, eu de facto não tinha esse sentimento, não sentia a perda. Talvez porque eu no fundo axava que ainda tinha o amigo, não presente mas talvez tivesse a sensação de que mais tarde haviamos de falar. Agora vejo-me aparte de tudo o que acontece, o que ele faz, do que a S. faz, a rapariga que também saia connosco e emigrou, fui à festa de despedida dela e agora não sei nada dela. Enfim, quando sei destas coisas sinto mesmo que as coisas la continuam a acontecer e a minha presença ou ausencia também aqui, pouca diferença fez, pelo menos não fez durante muito tempo, talvez no inicio tenha feito alguma diferença, agora ca pra mim até é melhor sem mim. Fico mesmo triste. Nem consegui vir falar disso antes´e mesmo agora fiz um esforço porque sinto a necessidade de desabafar. Estas coisas tão-me a magoar muito por dentro e trazem-me estas sensações que não gosto nada de sentir. Nem o ansiolitico fez efeito, a não ser o sono imenso que hoje senti. Para a semana vou ter oportunidade de lhe mandar uma mensagem. Não vai ter nada a ver connosco nem com nada do que escrevi aqui, aliás nem é pra ele directamente mas é uma coisa que tenho que dizer atraves dele. Não quero dar o braço a torcer de maneira nenhuma, não quero ir atras, eu sei o que parece e o que parece não é o que é, ninguém percebe o que eu sinto porque ninguém é complicado como eu mas vou mandar essa mensagem para ver de que maneira é que ele me responde. Talvez surja oportunidade de lhe dizer o que tenho entalado. Não sei se tenho razão. Eu sinto maioritariamente que sim. Não sei como vai ser, de qualquer maneira não me tou a ver algum dia a sair com eles outra vez depois do que provavelmente ja se disse de mim (mesmo que fosse pra lhe dar força, aquele tipo de comentarios que uma pessoa faz para a pessoa ver o lado mau da outra para a esquecer e assim sei lá.... estou eu a imaginar mas de qualquer forma vou ficar sempre com essa ideia). Tenho tanta pena quando saio da vida das pessoas, quando elas saem da minha vida.... E se calhar foi a pessoa que o fez com a qual eu tinha mais intimidade então custa mais. Enfim. Não me devia deixar afectar tanto por isso. Devia ser forte, aprender a fortalecer-me com estas coisas que me deixam triste. Mas fico muito afectada fico mesmo triste com isto, desencadei-me umas sensações uns sentimentos que muitas vezes não consigo controlar. Bom mas houve coisas boas esta semana e apesar disto também me tem feito sentir bem certas coisas. Isso de me ter dado bem com as pessoas, no outro dia ao despedir-me do meu colega de grupo, o outro rapaz que estava com ele despediu-se de mim como se me conhecesse mais quando na verdade axo que mal falei com ele ate aquele dia. Enfim, os meus colegas de grupo falam comigo, chego às aulas e às vezes la oiço o meu nome e é alguém dos meus grupos a chamar, nomalmente pra falar de relatorios e assim mas tudo num clima que não é aquela coisa séria e assim. Enfim, tenho estado melhor com as pessoas, espero que continue a sentir-me assim e que tenha mais conhecimentos, que me dê melhor com as pessoas. No outro dia o rapaz do meu grupo faltou e os do grupo ao lado juntaram-se a mim, apesar de ja sabermos que a prof não deixa e depois acabamos por fazer o trabalho em separado mas no fundo fizemo-lo juntos lool. Enfim tem sido bom e sinto que faço parte de alguma coisa às vezes e sinto que as pessoas olham pra mim com alguma simpatia e isso ajuda-me muito. Hoje uma rapariga também me deu uma resposta um bocadinho torta por causa de um relatorio e eu calmamente consegui responder-lhe e não ficar a sentir-me muito mal, normalmente sinto uma sensação de humilhação enorme e hoje consegui controlar-me até antes de responder. A outra rapariga do grupo depois ate me disse que gostaa muito dela mas que axava que ela era assim muito teimosa e injusta as vezes e assim e também me fez sentir bem. Aliás devo dizer que esta rapariga me parece uma excelente pessoa, desde o ano passado que a conheço e algumas atitudes dela fazem-me gostar bastante de a conhecer porque ela é realmente muito simpatica e sei lá, não é intriguista nem tem a maneia que é superior nem nada disso que tantas vezes me inibe la na faculdade. Enfim, nessa parte tem sido bastante bom e agora que falo nessa parte ate me sinto um bocado melhor, claro que de vez enquando la me lembro das coisas que me põem triste mas talvez va tomar um cafezinho com a C. e o P. este fim de semana e talvez desabafe porque axo que falado assim com quem me conhece e da respostas mesmo conhecendo a outra pessoa e assim talvez me faça bem. Bom e espero que voces estejam todos bem.

See ya

escrito por sonhadoraincuravel às 22:22
link do post | dar palpite | | | favorito

pessoas assim e q tu precisas como amigas.. bjitos
Mama Do Rafael a 30 de Outubro de 2010 às 00:39

olá! é o que te tenho dito e o que digo a muitas pessoas : sofrem os românticos, sofrem sempre aqueles que sabem amar. Não entendo, porque é que alguns ex-namorados não saem normalmente com as ex- namoradas, nem que fosse estar com elas por meia horita, uma hora, falar com elas como pessoas adultas, dar-lhes atenção, mas como amigos. Metade das ex-namoradas gostavam de ter um amigo presente nos ex-namorados e vice-versa e não têm isso. E pelo que tenho lido, algumas raparigas, precisavam de ter a presença do ex-namorado, na condição de amigo. falo de ti e da sonhos de uma rapariga. Ela também sente a falta dele como amigo, tal como tu. se eles dizem que estão bem, porque não há amizade ? não entendo.... sabes, eu aprendi com o tempo que os " porquês ", os " se " não adiantam nada depois de uma relação ter terminado, porque nós sofremos ainda mais, mas o pior é que a nossa cabeça só se questiona... já passei por isso. as melhoras para ti! beijo doce e um abraço . daqui a umas semanas, meses, quero sentir-te melhor, ouviste ?
nuno a 30 de Outubro de 2010 às 19:06

É esse o espirito que estou a adoptar agora, não me deixar ir abaixo por causa de ser ignorada e esta semana foi toda assim, porque elas voltaram a vir ter comigo só porque estavam sozinhas, depois aparecia outro alguém e quem ficava sozinha era eu e isso mandou-me muito abaixo e estive a semana toda assim. Falei até com Ele, e Ele disse para eu não ligar a essas coisas, para não ser ingénua e abrir os olhos que tantas vezes não quis abrir e isso ajudou um bocado e agora até tenho estado mais tempo com algumas pessoas da minha turma que são mesmo verdadeiras e genuinas e me fazem sentir bem e esquecer o que outras me têm feito e isso já me está a mudar no sentido de me deixar ir abaixo com pessoas que não vale a pena, vêm que estou triste, perguntam porquê mas sem interesse nenhum e já me deixei de acreditar que elas para mim algum dia iram mudar, estou apostar naqueles que realmente interessam. Em relação ao T., se a amizade dele é importante para ti ou mesmo senão, acho que devias mesmo dizer-lhe tudo porque ele merece isso, depois do que te fez também a ti sofrer. E a começar a dar valor às que realmente interessam como dizeste e com quem te sentes bem e andas a sair. Eu tenho acorado nestes dias bem disposta porque não sei porquê mas ando a sonhar que me esqueci de por uma definição no meu teste de história todos os dias e dá para rir um pouco quando acordo :D Beijinhos, Fica bem
DolceScrittora a 31 de Outubro de 2010 às 12:46


ora-deixa-ver-quem-é-esta-croma
Outubro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15
16

17
20
21
22
23

26
27
28
30



últ. comentários
mais do que isso tou com preguiça de ler o que esc...
olá, como vais? este blog é bom se tiver pernas pa...
olá menina, como é que tu estás? saudades tuas.. v...
olá menina. então, como é que tu vais ? eu vou bem...
olá. já tinha muitas saudades tuas. como estás ? p...
olá! eu também ia cheia de esperanças, quando come...
ola responi tardeas respndi. Sim eu tenho POC e e...
Olá...andava a fazer uma pesquisa sobre poc e enco...
olá! saudades tuas. ainda bem que estás bem. vê se...
tive uma grande necessidade de apagar todos os blo...
Relógio
relojes web gratis
favoritos

2009.

pesquisar
 
Fazer olhinhos

blogs SAPO


Universidade de Aveiro