saga de uma tímida/insegura/atrapalhada/parva cujo dom é sonhar

Quinta-feira, 27 de Janeiro de 2011

O que estou a fazer é basicamente a distrair-me antes de estudar, tenho exame e a vontade de estudar não é muita. Não tenho saído mas a minha disposição está melhorzinha outra vez. Hoje a J. chamou-me amiga. Ela já o tinha feito antes, mas o coração bateu mais forte (eu sei que parece estupido). Normalmente as pessoas agora chamam amiga a toda a gente, dizem que se amam etc e parece-me tudo tão falso. Não acredito em coisas que se dizem facilmente, que se dizem muito. São diutas da boca pra fora e não soam a naturalidade enfim. Mas hoje senti, epah que gostam de mim e eu não sinto isso muitas vezes. Nem com o T. que namoramos 4 anos e o que ele dizia não me batia assim, porque eu sentia que era dito nos momentos em que "devia" ser dito (tal como tanta coisa na nossa relação), não saia naturalmente, era como se eu estivesse à espera de cada vez que recebia um elogio. E é assim muitas vezes, recebo elogios quando é suposto, quando estamos todos à espera. Axo que é muito por causa da minha personalidade, axo que não dou essa "confiança" às pessoas, não sei explicar. Mas se calhar não tenho nada de extraordinário para ser elogiado, ou não o mostro (porque no fundo eu sou xeia de coisas extraordinárias lool). Enfim o que quero dizer é que se calhar as coisas boas que tenho não são própriamente coisas que se mostrem assim no dia a dia. e além disso as situações em que me ponho são sempre muito seguras, por isso as situações em que me vejo envolvida são banais e por isso dá ropriamente para me dar. Mas enfim ja estou a vaguear, como o costme. Qualquer dia gostava de conseguir organizar o que penso e escrevo de maneira a escrever coisas interessantes e é claro que tinha que controlar a POC para que isso podesse acontecer, porque uma das grandes dificuldades que tenho é a escrever e a ler (escrever varias vezes a mesma palavra, escrever qualquer coisa mal e deixar estar, ler vinte vezes a mesma palavra, ler vinte vezes a mesma frase.... enfim, é ridiculo não é? Eu sei). Bom e axo que xegou a hora de ter juizo e ir estudar lool. Espero que esteja tudo bom com voces.

See ya

escrito por sonhadoraincuravel às 14:40
link do post | dar palpite | | | favorito

olá! Concordo contigo. é isso e "o querido, o querida "que se ouve na televisão e ás vezes na rua. Essa juventude que te trata por " amiga " ou querida, devem pensar que são do jet-set.... se tiveres uma amiga, que saibas que é mesmo tua amiga e que sentes que ela está contigo em todas as situações, se ela te tratar por amiga ou querida não tem mal nenhum, mas há situações em que as pessoas são falsas e ás pessoas que sentes que estão a ser um pouco falsas, não lhes ligues. beijos e um abraço. bom estudo :)
nunomedon a 27 de Janeiro de 2011 às 15:22

eu sei que na minha altura me diziam que a juventude era isto e aquilo mas eu axo que agora é que ta tudo um bocado oco. Mas enfim se calhar sou eu que tou errada não sei bem lool. Beijionhos

Também senti isso, da "amiga". Acho que não dizem por acaso, e isso é muito bom :)
Ainda bem que andas bem ! Boa sorte para o exame :) Beijinhos
DolceScrittora a 27 de Janeiro de 2011 às 20:55

Também sou como tu nesse aspecto.
Tenho "amigas", que para mim são só conhecidas, pois elas só se lembram de mim quando é para lhes fazer um favor, desabafa ou pedir-me alguma coisa, às vezes elas dizem-me "amo-te" e eu fico a olhar sem saber o que dizer, e acabo por dizer "também eu" só para não as magoar, porque na realidade, elas até podem ser boas pessoas, mas não as amo! Detesto mesmo esta situação, e vê-se que é tudo uma farsada! <.
Mary a 29 de Janeiro de 2011 às 22:35

é, as pessoas cada vez mais dizem as coisas por dizerem. Como vamos acreditar quando for verdade. Isso faz-me muita confusão. Eu não desperdiço palavras de ânimo leve. Já disse muitas vezes amo-te a uma pessoa sem o sentir e eu sei o qiue custou. No more! se puder evita-lo vou faze-lo porque é trsite ser-se assim vazio e dizer simplesmente o que nos dá na gana só porque sim ou é suposto. Quando se está a falar de pessoas e de sentimentos não devia ser muito assim. Aparece ;) Beijinhos

olá! não sei o que quiseste dizer com a tua resposta... explica tintim por tintim... beijos e uma boa semana.
Anónimo a 31 de Janeiro de 2011 às 00:07

queria dizer que as coisas são feitas sem significado, ditas sem significado, mais que nunca as pessoas regem-se por modas, por aquilo que os outros todos fazem. Isso faz-me muita confusão. Enfim, mas generalizar normalmente não bate muito certo. Cada um é como é e eu apesar de ter uma personalidade com aspectos praticos bastante desconfortaveis pra mim, gosto do que sou na essencia. Beijinhos

Obrigada pelo comentário ! ^^
Beijo
Mary a 4 de Fevereiro de 2011 às 20:03


ora-deixa-ver-quem-é-esta-croma
Janeiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

17
18
19
21
22

23
24
25
26
28

31


últ. comentários
mais do que isso tou com preguiça de ler o que esc...
olá, como vais? este blog é bom se tiver pernas pa...
olá menina, como é que tu estás? saudades tuas.. v...
olá menina. então, como é que tu vais ? eu vou bem...
olá. já tinha muitas saudades tuas. como estás ? p...
olá! eu também ia cheia de esperanças, quando come...
ola responi tardeas respndi. Sim eu tenho POC e e...
Olá...andava a fazer uma pesquisa sobre poc e enco...
olá! saudades tuas. ainda bem que estás bem. vê se...
tive uma grande necessidade de apagar todos os blo...
Relógio
relojes web gratis
favoritos

2009.

pesquisar
 
Fazer olhinhos

blogs SAPO


Universidade de Aveiro