saga de uma tímida/insegura/atrapalhada/parva cujo dom é sonhar

Domingo, 24 de Outubro de 2010

Hoje sonhei com o T. estava xeio de piercings e estava diferente lool. Não é saudades nem arrependimento de ter acabado com ele. Sonhei com ele porque falei nele durante o dia com a minha mãe porque axava que tinha visto o carro do pai dele. Mas pus-me a pensar ainda meia ensonada e fiquei na cama a pensar em coisas que me deixaram triste. Ele que se dizia meu amigo, ele que dizia que eu era a melhor amiga dele, ele que criticava os meus amigos que não se emportavam comigo, fez o mesmo substituindo-me por outras pessoas. Estou com raiva, estou zangada tenho que dizer. Não sei se tenho direito, não sei se estou a ser injusta. Confesso que me sinto um bocado mal por estar a sentir e a pensar isto dele porque afinal fui eu que quis acabar e se calhar fui eu que empatei a vida dele. Não tenho direito de estar zangada por axar que ele já esta melhor. Mas eu axo que vai para além disso, não estou a ser tão injusta como isso. As pessoas substituem-me com uma facilidade que não compreendo, mais, com uma frequência que me deixa sentir completamente ridicula. Foi mais um a retirar-me da vida dele. Não posso dizer que o fez com facilidade, eu sei que ele pediu pra deixarmos de falar para me esquecer. Só não pensei que fosse mesmo para esquecer que eu existir, para ignorar que eu estive na vida dele. Para não ter o minimo de interesse para saber se eu estou bem ou mal, para me eliminar do rol de amigos dele. Serei assim tão entediante? Será que a culpa é minha. è que com tanta gente (va, alguma porque nunca tive um gripo de amigos assim tão grande) a fazer o mesmo eu tenho que pensar que tenho algum problema. E isso deixa-me completamente deprimida. Que faço eu de errado. Eu sou tímida, sou insegura, preciso que as pessoas me segurem um bocadinho às vezes, mas caramba é assim tão mau. Não valho a pena para ninguém que deixei que me conhecesse. Não vali a pena para eles. Ou então tinham-se preocupado. E com o T. axo que foi injusto ele também. Eu não posdia continuar com ele sem gostar dele. Andei muito tempo e ele não sabe. Fiz varias coisas por ele aliás, para não o deixar mal. E ele não fez o mesmo por mim. Não estou a dizer que ele ia continuar a falar comigo sendo dificil para ele esquecer-me mas caramba, agora qual é a dele? Que mal lhe fiz eu para ele aparentemente estar zangado? Será que conheceu pessoas e descobriu que afinal mais vale eu nem andar com ele. Eu sei que sou diferente. Sei que não sou como a maioria das pessoas. Mas ele sabe que eu detesto isso, ele conhece-me melhor que qualquer amigo que eu tive. Estou farta de ser substituivel. Aliás estou farta de ser substituida por outras pessoas e de não ser suficientemente boa para as pessoas fazerem algum esforço por mim. E agora claro que dirão que não posso estar sempre à espera que façam tudo por mim que andem comigo ao colo. Mas eu juro que com esses, os unicos a quem considerei realmente amigos, por ter tido uma convivencia grande com eles, dei-lhes muito mais e a minha relação com eles foi muito mais fluida do que qualquer relação que eu tenha tido nos ultimos quatro para cinco anos com as pessoas que conheci entretanto. Ou seja, eles só precisavam de na primeira oportunidade que tivemos de demonstrar a nossa amizade, de o fazer. Eu sei que também não andei muito atrás deles, mas tentei falar com eles, perguntar como ia tudo. Eles nem isso. Estavam demasiado ocupados com a nova vida e as novas experiencias que ainda bem que tiveram mas, eu apesar de não me ter integrado tão bem na universidade, axo que nunca deixaria de lhes falar e de me emportar com eles como eles fizeram comigo. E agora com o T. mais uma desilusão porque eu sabia que era complicado mas depois de estar tudo bem, considerando que não nos zangamos não foi essa a razão da separação, esperava se calhar que ele voltasse a falar-me quando estivesse bem. Mas parece que não mereço isso e não percebo porquê. Não pedia que a amizade fosse a mesma até porque não xegamos a ser propriamente amigos mas passamos a ser namorados quase directamente mas esperava de o minimo de consideração e amizade. Em vez disso tenho desprezo. É assim que me senti logo de manhã. Triste, zangada, incompreendida, sem valor, confusa e deprimida. Ei sei que tenho que dar mais, tem que partir de mim porque nesta situação se não for eu a fazer os outros estão-se perfeitamente cagando mas as vezes é dificil eu não consigo, eu bloqueio e tenho estes dias em que estou deprimida e queria que alguem me viesse animar. A minha mãe e a minha familia fazem-no mas assusta-me e faz-me falta ter amigos. Tenho ido falar com o P. sou quase sempre eu a faze-lo mas vou. Tenho ido falar com a C. e ando a tentar marcar qualquer coisa com ela. Tenho falado com as raparigas e rapazes dos meus grupos apesar de a coisa se ficar pela aula pronto ja me da alguma confiança pelo menos a maior parte dos dias. Mas é triste sentir que se ficar trancada em casa o resto da vida, para além da minha familia, não tenho propriamente mais ninguém que se preocupe com a situação ou sinta falta de estar comigo. E ok, em vez de me lamentar tenho que fazer com que as pessoas sintam falta disso. Mas caramba, já não basta estar assim, star sempre xeia de medos, sentir-me mal comigo a maior parte das vezes, ter de fazer um esforço a dobrar para estar com as pessoas, sentir-me deprimida com frequencia e estar carente e ainda tenho que ir em busca disso. De manhã estive a pensar que já ultrapassei algumas coisas da minha cabeça como os problemas com a minha imagem, a anorexia, a certa altura também lidei melhor com a timidez e quando estava com anorexia, apesar disso até estava ligeiramente mais auto-confiante, lido com a POC, tive ataques de pânico, medos enfim, ja pensei em coisas e as ultrapassei e continuo aqui a enfrentar as coisas que eu proprio crio na minha cabeça mas a verdade é que apesar de tentar pensar nisso no sentido de me dar força porque tenho tido essa força, a verdade é que não sinto mesmo essa força não me sinto muito mais motivada. E é isso, para além de andar desmotivada com a universidade, ando desmotivada comigo. Bom e hoje o dia foi assim. Mas de tarde fui às compras porque na semana passada não consegui comprar assim grande coisa e tava a precisar de umas roupas e comprei o que precisava e pronto ja fiquei um bocadinho mais animada. Espero que esteja tudo bem por aí.

See ya

escrito por sonhadoraincuravel às 00:59
link do post | dar palpite | ver comentários (5) | favorito

ora-deixa-ver-quem-é-esta-croma
Outubro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15
16

17
20
21
22
23

26
27
28
30



últ. comentários
mais do que isso tou com preguiça de ler o que esc...
olá, como vais? este blog é bom se tiver pernas pa...
olá menina, como é que tu estás? saudades tuas.. v...
olá menina. então, como é que tu vais ? eu vou bem...
olá. já tinha muitas saudades tuas. como estás ? p...
olá! eu também ia cheia de esperanças, quando come...
ola responi tardeas respndi. Sim eu tenho POC e e...
Olá...andava a fazer uma pesquisa sobre poc e enco...
olá! saudades tuas. ainda bem que estás bem. vê se...
tive uma grande necessidade de apagar todos os blo...
Relógio
relojes web gratis
favoritos

2009.

pesquisar
 
Fazer olhinhos
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro