saga de uma tímida/insegura/atrapalhada/parva cujo dom é sonhar

Sábado, 3 de Abril de 2010

Ainda não fui passear na praia mas vou ver se faço isso amanhã de manhã. De qualquer maneira, como não tenho especialmente o que fazer resolvi vir aqui escrever sobre qualquer coisa. E a coisa que me vem à cabeça é religião. Hoje pensei nisso e tem havido noticias relacionadas com a Igreja Católica pelo que será oportuno até falar disto. Bom relativamente às noticias, são as de pedofilia dentro da igreja católica. Como já disse em alguns comentários por aí é estúpido que façam tanto alarido à volta disto, ou melhor, axo estupido que se reforce tanto a ideia da pedofilia "na igreja católica". A mim não me interessa se é na igreja, na televisão, no escritório dos advogados ou no partido político, o que importa são as pessoas que o cometem e como sabemos isso não escolhe estatuto nem profissão. Por isso é que axo desnecessário que venha o papa pedir desculpas em nome da igreja porque a igreja não tem absolutamente nada a ver com isso (excepto quando encobre os casos, mas isso não me parece que algum dia se venha a comprovar). Bom mas adiante. Não pensem que estou a defender a religião ou coisa do género, axo que é uma questão de justiça e bom senso. Até porque não costumo dizer que sou católica ou budista ou o que seja. Fui educada segundo as regras da religião católica, fiz a primeira comunhão e não fiz o crisma porque axei uma seca (coisas da idade). Mas cedo, na adolescência comecei a questionar certas coisas, no inicio porque era adolescente e queria mesmo era contrariar, depois porque realmente comecei a aperceber-me de certas coisas. E a minha visão neste momento é a de que não tenho necessidade de dar nome à minha religião. Hoje ouvi o Nelson Évora a dizer que a religião que segue (perdoem-me mas não me lembro agora, vou investigar) era importante para ele porque envolvia valores que ele axava que eram os correctos para as pessoas viverem bem umas com as outras e que axava importante essa questão da religião porque numa tenra idade era um optimo meio de incutir valores às crianças. E quando ouvi pensei "é mesmo isso". Eu nesta altura o que axo é que o que devo fazeer é viver segundo os valores que axo correctos e praticá-los (e tenho valores muito bem definidos), não axo que tenha que acreditar num céu, num "Deus", eu simplesmente respeito muito, tenho imensa curiosidade mas não posso afirmar que acredito nisto ou naquilo se não estiver realmente convencida (e axo que nem preciso de estar). Seria até mais confortavel para mim acreditar em algumas coisas, conforta as pessoas. Mas também não rejeito o que as religiões nos dizem, nomeadamente a católica que é a que conheço. Bom mas axo que realmente foi importante eu ter conhecido a religião católica porque me ajudou a interiorizar valores muito importantes. Mas pensando bem axo que as crianças deviam conhecer as várias religiões ou, sei lá, devia incutir-se até nas pessoas mais jovens a curiosidade por outras religiões porque é um tipo de cultura que parece estar a perder a curiosidade dos nossos putos. E bom, é isto, não gosto muito de fazer aquelas críticas que se faz nomeadamente à riqueza da igreja católica, isto da pedofilia, uma coisa é a religião outra são as pessoas que a seguem e que a "regem". Nos próximos tempos vou tentar-me informar sobre outras religiões porque é uma curiosidade que tenho já há algum tempo e axo interessante. De resto, meus amigos, tentem pelo menos ser seres humanos tão bons quanto vos for possivel. Se o fizerem e houver alguma recompensa depois, axo que com isso, se realmente o fizerem, valetá a compensação independentemento do nome que queiram dar às vossas coisas. E entretanto já escrevi tanto lool. Devia canalizar isto pras pessoas quando as conheço lool das duas uma, ou me axavam extremamente interessante ou me axavam estupidamente chata (tou mais pela segunda), raio da timidez. Mas é por isso que é bom ter um blog, não chateamos ninguém desnecessáriamente, quem quer lê, quem não quer não se chateia nem faz frete.

See ya

escrito por sonhadoraincuravel às 23:32
link do post | dar palpite | favorito

Estou de acordo contigo. Eu detesto pedofilia, acho que é uma estupidez e que esse tipo de pessoas devia era frequentar sex shops e divertirem-se sozinhos em vez de fazer sofrer as pessoas, causar-lhes traumas, principalmente às crianças. E também sou da opinião que não ínteressa se é na igreja ou até nas próprias casas, na própria familia, apenas existe e devia ser combatida da forma mais justa, sem prejudicar os mais inocentes, embora esses sejam os mais prejudicados, os que mais sofrem. Em relação à religião também acho que a decisão deve ser feita quando tem a idade suficiente para perceber bem as coisas e deviam dar mais informação sobre outras religiões ás crianças e não só incuti-las apenas à católica. Comigo também foi-me incutida a religião católica mas também tenho curiosidade em saber mais sobre outras, exactamente por só conhecer a católica. :D Os valores também devem ser os melhores :D Aos ultimos parágrafos, realmente a timidez impede-nos de mostrar o que nós somos e a nossa maneira de pensar. Sei o que é...Mas todos acabam por nos ouvir, nem que seja a ler :D Texto grandinho...desculpa :D
Fica bem
DolceScrittora a 9 de Abril de 2010 às 22:40


ora-deixa-ver-quem-é-esta-croma
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
17

21
22
23
24

25
28


últ. comentários
mais do que isso tou com preguiça de ler o que esc...
olá, como vais? este blog é bom se tiver pernas pa...
olá menina, como é que tu estás? saudades tuas.. v...
olá menina. então, como é que tu vais ? eu vou bem...
olá. já tinha muitas saudades tuas. como estás ? p...
olá! eu também ia cheia de esperanças, quando come...
ola responi tardeas respndi. Sim eu tenho POC e e...
Olá...andava a fazer uma pesquisa sobre poc e enco...
olá! saudades tuas. ainda bem que estás bem. vê se...
tive uma grande necessidade de apagar todos os blo...
Relógio
relojes web gratis
favoritos

2009.

pesquisar
 
Fazer olhinhos

blogs SAPO


Universidade de Aveiro