saga de uma tímida/insegura/atrapalhada/parva cujo dom é sonhar

Sábado, 11 de Setembro de 2010

Hoje estou em baixo, estou mesmo deprimida. Estou naqueles dias que parece tudo mal, parece que a minha vida não está a fazer sentido. Depois de ontem ter ido à universidade já não fiquei muito bem disposta, mas hoje inda fiquei pior. Fui pagar as propinas por aqui porque apesar de ter colocado no titulo do e-mail que mandei à secretaria que era urgente, fizeram de conta que não era nada e não me responderam apesar de estarem umas horas com a secretaria fechada para precisamente responder aos e-mails. Como hoje era o ultimo dia para pagar as propinas, eu fui pagar a propina deste mês e agora vou paga-las todos os mêses. Vou ver se ponho isso no telemóvel. Depois queria ir lanchar ou qualquer coisa e pedi à minha mãe se não queria ir dar uma volta comigo depois de eu ir ao banco, mas ela disse que não lhe apetecia muito, e eu fiquei chateada, nem disse nada. Fui ao banco e fiz quinze quilômetros até à staples para comprar um caderno, uma caneta e um estojo que também é carteira. Estava cheio de gente, cheio de putos a repetir o nome das marcas MAPED e AMBAR por todos os corredores. Se eu podesse dava um par de estalos a cada um, com o humor que estava e com aquela brincadeira estúpida que me entrava pelos ouvidos em cada corredor que eu ia. Senti-me mal porque lá andava eu sozinha no meio de tanta gente. E fiquei triste porque às vezes sinto-me sozinha, porque cada um anda com os seus amigos ou nem estão por cá e eu ando aqui, tenho a minha mãe com quem gosto muito de sair mas ela nem sempre percebe bem porque é que eu quero tanto sair. Eu quero ver gente, quero estar com pessoas, ver coisas diferentes, distrair-me, e a minha mãe não se emporta de ficar em casa, como qualquer doméstica tem sempre o que fazer e enfim, às vezes fico triste porque ela diz-me que não me percebe porque tenho que querer sempre sair porque tenho que estar sempre a chatea-la. E é assim que me sinto, hoje estive a pensar e muitas vezes a minha mãe sai comigo muito para me fazer a vontade e eu as vezes penso que é querido ela sair para me fazer a vontade mas outros dias, como hoje, penso que caramba, se até a minha mãe faz o frete de sair comigo tou realmente muito sozinha. Eu não me emporto de estar às vezes sozinha, gosto de estar a pensar, a escrever, a desenhar, a cantar enfim. Mas isso é bom quando é um bocadinho a excepção, quando é o meu dia a dia começa a ser altamente frustrante. Andei mesmo triste hoje, porque é que a minha mãe não percebe que se eu a chateio é porque muitas vezes é a ela que tenho para me fazer companhia para me distrair. Isto fica um bocado mal, mas eu sou realmente muito dependente da minha mãe. Bom e amanhã estarei melhor.

See ya

escrito por sonhadoraincuravel às 00:49
link do post | dar palpite | favorito

amiga espero que esse mau humor te passe rapidamente e que passes um bom fim de semana!! muitos muitos beijinhos!! diverte-te imenso!!
gatinhafofa a 11 de Setembro de 2010 às 03:30

muito obrigada, hoje ja estou melhor pelo menos já não pensei tanto. Beijinhos

Como eu te compreendo neste texto. Também quase não saíu, não tenho muitos para sair comigo e sozinha, não gosto, então recorro à minha mãe, mas elas não querem - ficamos aborrecidas. Também tenho muita necessidade e estar perto de pessoas, mesmo que isso envolva eu ~ficar um pouco nervosa ou mesmo nem sequer falar com elas, pelo menos, convive-se sem se falar, ou então algo para fazer. Este verão inteiro foi praticamente a fazer isso à minha mãe, pela necessidade de não estar fechada em casa, fechada do mundo, mas como ela ia trabalhar, ficava sempre em casa. E é aborrecido. Mas temos que não pensar muito nisso e tentar que o dia corra melhor. Beijinhos
DolceScrittora a 12 de Setembro de 2010 às 01:33


ora-deixa-ver-quem-é-esta-croma
Setembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

13
14
16

24

26


últ. comentários
mais do que isso tou com preguiça de ler o que esc...
olá, como vais? este blog é bom se tiver pernas pa...
olá menina, como é que tu estás? saudades tuas.. v...
olá menina. então, como é que tu vais ? eu vou bem...
olá. já tinha muitas saudades tuas. como estás ? p...
olá! eu também ia cheia de esperanças, quando come...
ola responi tardeas respndi. Sim eu tenho POC e e...
Olá...andava a fazer uma pesquisa sobre poc e enco...
olá! saudades tuas. ainda bem que estás bem. vê se...
tive uma grande necessidade de apagar todos os blo...
favoritos

2009.

pesquisar
 
Fazer olhinhos

blogs SAPO


Universidade de Aveiro