saga de uma tímida/insegura/atrapalhada/parva cujo dom é sonhar

Terça-feira, 8 de Março de 2011

Ontem foi bom, não dancei grande coisa como era esperado mas não tive parada enfim, estive lá lool No café correu melhor porque gosto mais de estar com as pessoas conversar e assim mas enfim fui com eles e não foi mau. Chegamos às seis, as dez já estava acordada. Hoje estou muito constipada mesmo. O T. veio falar comigo na net fiquei ademirada mas foi uma mistura de sentimentos, gostei mas não gostei. Gostei de falar com ele e que venha falar comigo mas depois há aquela coisa. Disse que gostei que viesse falar comigo ele não comentou mas falamos de algumas coisas. Não gosto que ele nãpo desenvolva certos assuntos, falei do trabalho e ele não desenvolveu muito, dantes falavaos sobre tudo é estranho. Mas é normal mas enfim, é uma situação estranha. Disse que tinha que se andar pra frente e assim, que não valia uma pessoa se estar sempre a queixar. Deu a sensação que ainda batia um bocadinho na mesma tecla. Por um lado percebo, eu propria continuo a ficar incomodada com ele de alguma forma, ele que gostava de mim enfim, é complicado. Mas o horrivel continua a ser que eu prefiro que ele não me esqueça :S por mais estupido que isso seja eu prefiro não lhe ser indiferente :S. É o tipo de coisa que não confesso a ninguém, não sentimos só coisas boas não é. Mas até nem me estou a sentir muito mal por falar com ele, mas desconfia que também seja porque fiquei com a sensação que ainda havia alguma coisa. Ai nem sei o que pensar disso a sério. Não vou pensar agora. Estou doente e carente. Amanhã devo ir ao ginásio não quero estar com esta gripe mas axo que vou nem que esteja assim. Estou com vontade de fazer exercicio e estou a precisar de libertar umas energias e de estar com amigos e rir. Adorei a parte de estar no café falamos sobre muita coisa e foi muito bom. Tenho que fazer mais vezes apesar de axar que me estou a centrar muito nisso e pouco nos estudos. Mas estou mesmo a precisar disto, me sentir parte daquilo, me sentir bem, com amigos. Espero que por aí esteja tudo bem.

See ya

escrito por sonhadoraincuravel às 21:35
link do post | dar palpite | ver comentários (2) | favorito

Segunda-feira, 7 de Março de 2011

Encontrei o T. hoje, vá desta vez foi ele que veio ter comigo não fingiu que não me viu lool. Ai não sei o que sinto quando isto acontece, fico-me a sentir mal não sei bem classificar o que sinto. Disse que saiu do trabalho onde estava que agora ia trabalhar noutro sitio e que tava a comprar coisas para se disfarçar no carnaval. Conclusão, fiquei a sentir-me mal do género, ei lá vai ele divertir-se e eu não tenhpo nada combinado. Disse-lhe que tinha ido ao jhantar de carnaval ontem mas fiquei a sentir como se isso não tivesse importancia, bom mesmo era ir-me divertir como ele vai fazer. Eu sei que é mesmo ridiculo, é estupido, é o tipo de sentimento que se alguém me contasse eu não ia sentir grande vontade de estar ou conhecer a pessoa, se é que me faço entender (que não deve ser facil porque não é muito claro. Enfim, é estranho mas sinto-me mal a sério. Eu axo que tenho um medo escondido de pensar que estou arrependida e que se calhar devia ter ficado com ele. É uma coisa que vem do genero daquele medo de ter medo. Isto porque já da ultima vez que falei com ele mais, eu estava com essas coisas na cabeça e rapidamente percebi porque é que não quis ficar com ele mas enfim, há sempre o "e se me engano" "e se erro" "e se me arrependo" "e se....". Isso funciona pra tudo e pra isto não é diferente. Conscientemente eu sei porque não fiquei com ele, não sentia nada por ele, mas fico assim e quando o vejo axo que me perturba so o medo de ele me dizer alguma coisa que eu fique "eii que fixe e eu estou de fora" sei lá qualquer coisa assim. Enfim, chega de ele interferir assim na minha vida, não me fez nada de mal mas também não foi exactamente o namorado exemplar e por culpa e sem culpa a verdade é que não me encantou ao ponto de querer ficar com ele. Axo que quando o vejo também me faz lembrar de uma fase em que estava mal, ele faz parte de uma fase em que não me sentir bem e se calhar ainda ligo a altura a ele e assim. Não quero deixar que isso me afecte mas afecta e o pior é que não sei como canalizar isso não consigo perceber. à conta disso lá fui eu comprar um vestido pra usar amanhã no almoço de familia mas não encontrei nada, nada me agradava então olha fiquei assim, murcha, mais uma vez. Hoje fazia-me tão bem o ginásio, tão bem aii, tenho tantas energias pra gastar. Mas ninguém podia ir então vou com eles nos dias que eles podem. Estou um bocadinho deprimida hoje e a verdade é que foi por causa de encontrar o T. o que me torna ainda mais deprimida por deixar que isso aconteça. Eu sei que não quero estar com ele, sei que não era a pessoa que eu queria, mas tenho esta coisa o tal medo de ter medo, o medo que venha a sentir qualquer coisa olha enfim. Entretanto telefonou-me o P. a perguntar se queria sair mas para ir à discoteca :s não gosto de discotecas vou ser um bichinho mas enfim vou, vamos os três do ginásio, se  me sentir mal venho-me embora, vou ver se levo o meu carro. E pronto axo que é isso que marca a diferença entre aquilo que se passava comigo antes e agora, agora tenho alguém que me chame para sair, alguém para ligar para dizer para sair. Em casa não me apetecia ficar, a pensar e assim, não vale a pena. Não vou dançar mas enfim, bebo um bocado e pode ser que me solte. Espero que por aí esteja tudo bem.

See ya

escrito por sonhadoraincuravel às 19:07
link do post | dar palpite | ver comentários (4) | favorito

Domingo, 6 de Março de 2011

fui ao jantar e correu muito bem. Eu e o P. eramos quase os unicos mascarados pelo menos os mais eramos e ficamos cheios de vergonha. As pessoas que conheciamos melhor não foram quase então ficamos assim um bocado envergonhados, mas tentamos mostrar que estavamos muito bem lool. Depois animamos e dançou-se muito e cantou-se muito. Um dos socios puchou-me pra dançar depois de lhe ter dito varias vezes que era timida lool não sabia muito bem onde me meter mas la teve que ser, senti-me um bocado observada e tal mas tava tudo  dançar e na brincaeira não foi tão mal como ja me senti. Correu bem diverti-me e pronto, definitivamente gosto daquele ambiente, daquelas pessoas,foi uma boa escolha pro ginásio. Estou cansadinha mas tive que vir aqui cansar-me mais um bocadinho pra não me por a pensar no que fiz e no que disse como o costume. Mas é bom sentir que faço parte de algo, sentir que faço parte daquilo começar a conhecer as pessoas e as aulas também têm corrido bem porque agora entra pessoal novo e ja noto que evolui que ja conheço as rotinas os professores enfim. O ginasio neste momento é uma coisa que me tem feito muito bem mesmo. Espero que por ai esteja tudo bem.

See ya

escrito por sonhadoraincuravel às 04:36
link do post | dar palpite | ver comentários (4) | favorito

Quarta-feira, 2 de Março de 2011

Hoje arranjei que fazer lool. Fui com a minha mãe comprar as meias para a minha fatiota lool. comprei umas meias altas coloridas e uns colans também coloridos e vou fazer deles umas meias altas, ou seja levo uma de cada cor, tenho umas fitas para o cabelo e agora junto-lhe o vestido que tenho cá em casa e a maquiagem e só preciso arranjar uns sapatros em condições que tenho que procurar porque não sei onde estão. Bom acabei por inspirar a minha madrinha pra fatiota da minha afilhada e ela deve-se vestir também de boneca, se der quero tirar uma foto com ela. Bom por aí alguém se vai mascarar? Eu ja não me mascarava há muito tempo mas acho giro quando era pequena dizia que nunca ia deixar de me mascarar mesmo quando fosse adulta lool era tão ingénua. Mas para juntar assim um grupo de amigos axo giro, neste caso é o grupo do ginásio mas pronto. Só que o pessoal junta-se todo nas discotecas e nas discotecas não gosto então pronto. Bom praticamente já tenho tudo pensado, não preciso preocupar-me mais com isso. Amanhã tenho aulinhas e ginásio, talvez vá tentar arranjar uma t-shirt diferente porque está dificil, não consigo arranjar nada que goste mesmo. Hoje falamos à mesa sobre trabalho e a minha mãe acabou por dizer ao meu pai que eu podia perfeitamente ir trabalhar com elae à quarta-feira. Eu disse que se ele me pagasse que ia lool disse isso porque já fui para lá muitas vezes e não recebi nada então quero-me sentir recompensada lool não sou muito exigente, recebo o que eles me derem, mas quero receber alguma coisa. Tenho sentido muito necessidade disso, uma vontade enorme de trabalhar em alguma coisa, de receber ao fim do  mes enfim. A minha mãe diz que eu penso que é facil, mas é a substimar-me porque eu bem sei que não é facil trabalhar, não é mais facil que estudar mas a questão é eu sentir que estou a ter uma função, que estou a fazer qualquer coisa que resulta numa tarefa qualquer não sei explicar. Na universidade parece que uma pessoa tá a estudar mas não tem um retorno, não fica nada feito. Fica uma cadeira feita eventualmente ok, ficamos a saber qualquer coisa normalmente, ok, mas na prática não resulta em nada de imediato, só o fim do curso e isso não é imediato, demora muito e eu estou a precisar de coisas que me dêm algum retorno, se é que me faço entender. Este semestre talvez seja um bocadinho decisivo, eu tenho mesmo que evoluir porque se não não sei se terei muitas mais "desculpas" e mim mesma para não estar a fazer o curso direito, depois começa-me a restar os "não sou capaz" e isso não é muito bom, pra já ainda tenho algumas coisas que eu julgo que justificam o facto de não estar a fazer as coisas direitinho. Não quer dizer que fosse necessario que isso acontecesse, mas o facto é que por causa dessas coisas não estou a fazer o curso direitinho, mas ptronto, cada um é como é não vou cpomeçar a stressar já com isso. Estou a sentir-me bem, todos os dias penso nisso, de como estou bem mesmo quando estou triste. Axo quew ninguém consegue perceber realmente a diferença que é aquilo que eu sentia e o que sinto. E finalmente axo que consigo perceber que eu sozinha consigo superar muitas coisas, que tive a força suficiente para enfrentar-me até a mim mesma. Não é que me considere propriamente uma pessoa muito forte, mas tive a força suficiente para escapar a uma anorexia, para escapar a uma depressão complicada, para lidar com a minha personalidade que, apesar de ter ido à psicologa e de isso me ter ajudado muito, a verdade é que foi depois, quando já não ia, quando decidi que tinha que mudar, sozinha, que a coisa começou mesmo a encaminhar-se. E isso pode não ser mais do que qualquer pessoa seja capaz, acredito que toda a gente é, mas enfim, fui capaz de algumas coisas e axo que tenho que ficar contente com isso. Continuo com problemas, continuo com coisas que me põem triste, mas toda a gente tem, não sou diferente, mas a verdade é que já não fico arrasada com eles e já não comandam a minha vida, aos poucos e poucos estou a construir uma personalidade um bocadinho mais forte e tenho que ficar contente com isso. Não posso deixar de dizer que ter amigos é muito importante para conseguir isto. E tive que aprender a não exigir tanto deles sem ter dado eu também e a não me vitimizar e a aprender a tolerar o que tenho a tolerar e a dizer o que não gosto quando não gosto. Recuperei coisas que eu pensava mesmo que não dava para recuperar e que até já pensava que não tinham existido. A verdade é que os amigos que tenho agora podem não ser perfeitos, dificilmente o seriam lool, mas são o que preciso da mesma forma que axo que sou aquilo que eles precisam de mim agora. Bom e voltamos aos textos longos (se é que saimos deles) e a novidade é que não estão xeios de lamurias lool. Espero que esteja tudo bem por aí.

See ya

escrito por sonhadoraincuravel às 21:17
link do post | dar palpite | ver comentários (2) | favorito

Segunda-feira, 28 de Fevereiro de 2011

Talvez vá ao jantar, ja sei mais ou menos do que me vou mascarar, falei com o P. e ele axa bem mas depois mostro-lhe. Hoje jantei com a J. lá na universidade, fomos ter com outras duas colegas de curso. Quando ela me convidou passou-me pela cabeça o que podia dizer para não ir, mas disse que sim e até foi bom, não são as pessoas com quem me dou melhor no mundo como se pode imaginar mas correu bem até. Depois vinha a pensar no que tinha dito e tal como o costume e pensei comigo mesma que não precisava de tar a fazer aquilo, tinha ido almoçar pronto agora pensar no que ia fazer a seguir. E até que resultou porque nem me lembro de ter parado de pensar nisso, simplesmente pensei noutra coisa. Hoje estive numa aula com o rapaz com quaem andava a trocar aqueles olhares há uns tempos. No inicio pensei que a coisa ja tinha passado, depois ainda houve alguma coisa enfim. É uma coisa que não consigo bem explicar. Bom é isso não tenho muito mais pra cntar. Espero que esteja tudo bem por aí.

See ya

escrito por sonhadoraincuravel às 21:31
link do post | dar palpite | ver comentários (1) | favorito

Sábado, 26 de Fevereiro de 2011

Hoje estive um bocadinho triste, acordei cedo e fui à cabeleireira. Cortei bastante o cabelo contra a minha vontade lool eu uso-o bastante comprido mesmo, mas estava a ficar de mais porque estava estragado nas pontas. Disse-lhe que não queria cortar muito mas claro que uma pessoa ja diz isto só para o corte não ser desastroso lool. Fiz um corte um bocadinho diferente e estiquei o cabelo. Comecei a não gostar de me ver ao espelho apesar de gostar de sentir o cabelo esticado fica mais leve e assim, mas ando com manias e não gosto de me ver ao espelho ultimamente especialmente, estou sempre a encontrar defeitos até em coisas que já lá estão há muitos anos lool. Bom, mas como comecei a ficar desconfiada que o cabelo não me ficava bem fui lava-lo para voltar a encaracolar. Quando o lavei fiquei tão triste lool era tão pouquinho, tão curtinho lool depois sequei-o e ficou com tanto volume em cima que fiquei assustada, depois dei-lhe um jeito e percebi como domá-lo, agora até gosto está bonitinho e diferente e continua comprido mas de um comprimento mais bonito. Enfim, quando saí de lá fui para o sitio que falei no outro dia, estive lá um bocado sozinha, soube bem. Depos saí com um amigo, continuava um bocadinho em baixo mas distrai-me um bocado e agora até estou melhor, não vou sair mas estou a pensar ir à festa de carnaval do ginásio só com o P., ele está com vontade diz que conviviamos lá com o pessoal e assim e enfim, estive a pensar e se estiver com ele ele põe-se tanto à vontade que me põe a mim também é só acompanhar lool enfim, não vale a pena pensar muito se não começo a fcar ansiosa mais vale ir e pronto se não começo a pensar e se tiver que falar com aquele e se aquele brincar comigo em frente a toda a gente. Outra coisa que me está a preocupar é o que levo vestido porque não se do que me vestir, queria vestir-me de alguma coisa relacionada com o que o P. vestir, ou seja, iamos os dois da mesma coisa ou de uma coisa relacionada e assim já era uma fantasia só quase e já não me sentir tão sozinha lool é que se me vierem perguntar que raio é aquilo ou se disserem, olha vestiste-te daquilo, eu sinto-me muito envergonhada lool assim somos observados os dois e os comentarios são para os dois. Já viram como uma pessoa como eu pensa nestes pormenore. Bom mas assim era giro. Ele tirou um curso de artes, penso que ideias não lhe vão faltar mas se ele começar com ideias muito esquisitas também não me apetece, mas como não queremos gastar muito dinheiro pode ser que cheguemos a um acordo. Estive a pensar irmos de bonecos ou de hippies. Isto sou eu a pensar também em função daquilo que tenho no armário lool. Se alguém tiver uma sugestão. Enfim, básicamente ando insegura, tive aí uma baixa qualquer hormonal que me fez ficar um bocadinho deprimida, não podia comer chocolate porque agora sou uma pessoa saudavel lool, fui cortar o cabelo, a coisa obviamente não melhorou, depois da mesma maneira que veio a baixa hormonal, voltou a subir. Ah e deixem-me só acrescentar ainda em relação ao ginásio, que me sinto completamente viciada. Hoje tinha bem ido outra vez ao ginásio, sinto falta do esforço, do suor. Digo-vos que não pensava mesmo que ia gostar da parte das maquinas, do ginásio em si, pensei que ia gostar das aulas e que era nisso que me ia concentrar mas definitivamente adoro as maquinas e sinto falta mesmo. esta semana devo experimentar o cycling. Espero que esteja tudo bem convosco.

See ya

escrito por sonhadoraincuravel às 21:41
link do post | dar palpite | favorito

Terça-feira, 16 de Fevereiro de 2010

ontem à noite saímos, eu o T. e umas amigas e foi altamente divertido, uma animação total.... ou não. O T. resolveu ficar mal disposto e quando é assim, ao contrário de mim, faz questão de mostrar e acaba por por toda a gente. Fomos dar uma volta de carro, não havia ninguém na rua, acabamos no carro uns a dormir pra cada lado e foi lindo. Depois ao tentar acordar o T. inda me respondeu mal e disse-lhe logo que não o ia acordar e se acordasse no quintal de minha casa que não se ademirasse. Hoje fui passear com a familia, fomos almoçara Vila do Conde, passamos por Esposende, paramos em Viana do Castelo e em Ponte de Lima. Ontem dormi doze horas e meia, sim doze horas e meia. Adormeci às cinco e acordei às cinco e meia, sonhei muito meia acordada. Ás vezes sabe bem e é preciso.

Pensando na relação com o T. não sinto falta dos beijos, dos carinhos. Não sinto falta disso. Se continuar a sair com ele e com amigos e nos rirmos e tal para mim tá optimo. Tou um bocado traumatizada com relações, foi a primeira mas durou muitos anos e deixou medos e essas coisas. Para a próxima nõ vou fazer as coisas de ânimo leve, vou-me preocupar com muito mais questões e as coisas que aprendi com esta relação se calhar até vão fazer com que me seja mais dificil arranjar outro namorado mas se calhar quando acontecer vou ter muito mais certezas. Enfim, não ando desisperada à procura de um homem que finalmente se encaixe no meu perfil de homem, se é que o tenho, mas estou carente isso estou. Já estou há muito tempo. Há anos. Mas só os carinhos certos surtirão efeito. Os carinhos do T. por exemplo já não chegavam cá, já não os sentia. Um amo-te não é coisa nenhuma se eu não conseguir senti-lo e corresponde-lo. Enfim quero muito ser feliz e vou fazer um esforço maior axo eu uma vez que agora tenho alguma orientação da psicologa. Axo que isso me dá os objectivos nem que seja de lhe levar resultados.

Resumo: procura-se homem alto, moreno, musculado e de olhos verdes (e eu a dar-lhe.... inda vou arranjar um baixo loiro, magro de olhos azuis), para uma coisa sem pressas, com certezas, com amor e muito carinho  lool inda agora disse que não andava à procura. Mas ando à procura de felicidade e se ela for alta, morena, musculada e de olhos verdaes tanto melhor lool. Enfim, devo tar a dar uma impressão linda. Falando a sério tenho muitos sonhos e quero muito arranjar um namorado com quem sinta coisas muito boas mas axo que não consigo faze-lo tão cedo, mesmo porque não vou mudar tão depressa e eu não sou exactamente uma pessoa dada a conhecer pessoas novas. Enfim mas quero andar bem disposta para me contagiar por dentro e quero esforçar-me para coisas boas e ter motivações boas.

 

Tou xeia de medo de ir à aula prática de amanhã. Eu sei que é parvo, não tem motivo. Mas tenho medo, tenho medo do grupo onde vou calhar, tenho medo de ter que procurar um grupo, tenho medo de ficar calada, tenho medo de errar, de não saber o que fazer, de me perder no procedimento ou no protocolo. Tenho medo. Quando comecei a olhar pro protocolo tava numa de desistir. Agora axo que estou numa de tentar. Tenho medo. Se calhar a coragem amanhã não vau estar assim tão presente. Mas talvez tente. não sei. Se calhar saio de lá orgulhosa comigo mesma. Ou então saio de lá triste e não vou pensar que é bom ter tentado Nesse caso posso ir chorar no ombro da psicologa lool. Eu sei como isto soa estranho mas eu tenho esses medos é muito estupido. Pra já axo que tou numa de tentar, vou tentar contrariar os pensamentos estupidos.

 

E pronto sou assim. Vou pensar em coisas boas .

See ya

escrito por sonhadoraincuravel às 21:18
link do post | dar palpite | ver comentários (1) | favorito

ora-deixa-ver-quem-é-esta-croma
Janeiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


últ. comentários
mais do que isso tou com preguiça de ler o que esc...
olá, como vais? este blog é bom se tiver pernas pa...
olá menina, como é que tu estás? saudades tuas.. v...
olá menina. então, como é que tu vais ? eu vou bem...
olá. já tinha muitas saudades tuas. como estás ? p...
olá! eu também ia cheia de esperanças, quando come...
ola responi tardeas respndi. Sim eu tenho POC e e...
Olá...andava a fazer uma pesquisa sobre poc e enco...
olá! saudades tuas. ainda bem que estás bem. vê se...
tive uma grande necessidade de apagar todos os blo...
favoritos

2009.

pesquisar
 
Fazer olhinhos

blogs SAPO


Universidade de Aveiro