saga de uma tímida/insegura/atrapalhada/parva cujo dom é sonhar

Domingo, 14 de Março de 2010

Ontem fui a um jantar de despedida de uma amiga que vai pra fora trabalhar (como tantos outros) e depois fomos à discoteca. Digo-vos que vou voltar.... se for obrigada. Eu já tinha ido a discotecas antes, claro, mas não a esta e talvez a questão seja ESTA discoteca e não UMA discoteca em si. Dançar numa discoteca não é comigo, sou timida de mais para isso e fico completamente presa axo que  mesmo que me torne mais "relaxada" não vou ter grande afinidade com discoteca, mas adiante. Senti um ambiente um bocado mau sinceramente, aparte do avontade e das indumentarias mais provocatórias que são caracteristicos das discotecas, eu sinceramente senti um ambiente diferente, uma provocação diferente e não gostei. As atitudes das pessoas eram diferentes. Não quero parecer púdica apesar de pelo que estou a escrever possa parecer, mas a serio que mulheres de cuecas a espreitar pelo vestido, ligas e olhares (dos homens claro) que quase me podiam fazer corar só de ver (lembram-se de falar de olhares "invasivos", é pior). Axo que fui mesmo ter a uma discoteca particularmente.... diferente, mas pronto, só veio reforçar a ideia de que eu e discoteca não combina muito bem. Quando fui antes a outras discotecas, o ambiente não estava tão estranho mas de qualquer forma sinto-me especialmente inibida porque vejo as pessoas tão soltas, até mais do que é costume e eu pelo contrario ainda me contraio mais. Axo que isto é uma das ultimas coisas que tenho que fazer neste processo de tentar não preocupar-me tanto com a imagem que tou a dar e de como estou a soar, mas de qualquer forma deixa-me triste. Sinto-me triste por não conseguir chegar a uma discoteca e sentir a musica, dançar. Axo que até o facto de dizer a alguém que "não gosto de discotecas" ja faz com que as pessoas me vejam como um ser estranho aparte de toda uma sociedade normal lool. Axo que nunca ninguém me disse que não gostava de discotecas, terei algum problema? lool Epah, se calhar se eu conseguisse fazer o que me apetecia sem pensar em mais nada, se calhar até descobria que até gostava de discotecas, mas como há toda uma preocupação meio insconsciente de fazer algum disparate e repararem nos meus disparates e como sei que estando reprimida, se começasse a dançar só ia evidenciar isso porque talvez abanar o pezinho no meio da pista fosse algo que, no meio de tanto movimento, desse nas vistas. E pronto. Acabei por ter uma conversa com o T. em que percebi, ou confirmei, que de alguma forma ele não sabe se pode esperar alguma coisa de nós e com isto, no fundo, vai ficando à espera, o que me incomoda. Não lhe posso dizer que não sinto por ele o que ele sente por mim, por não querer magoa-lo de vez com isso e provavelmente por cobardia, sei lá. A minha mãe ajuda imenso ao ter mais pena dele que de mim lool no fundo percebo porque ela não sabe exactamente a dimensão do meu dilema, dos problemas que me trouxe, do que senti enfim. Não sabe porque axo que há coisas que realmente queremos mesmo guardar para nós e são tão íntimas que de qualquer forma só nós podemos saber. E pronto, aparte desses momentos em que me apercebo dessas coisas e em que ele parece em baixo por minha causa, aparte disso sinto-me bem por não ter obrigação de várias coisas e por estar livre e com varias possibilidades boas em aberto. Agora é fazer por que as coisas corram bem e ter coragem e segurança para fazer certas coisas sozinha, por mim. E como para ter coragem é preciso ter medo, o medo já o tenho por isso já só falta a outra metade! lool

See ya

escrito por sonhadoraincuravel às 21:39
link do post | dar palpite | ver comentários (5) | favorito

ora-deixa-ver-quem-é-esta-croma
Janeiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


rabiscos recentes

Não gosto de discotecas

últ. comentários
mais do que isso tou com preguiça de ler o que esc...
olá, como vais? este blog é bom se tiver pernas pa...
olá menina, como é que tu estás? saudades tuas.. v...
olá menina. então, como é que tu vais ? eu vou bem...
olá. já tinha muitas saudades tuas. como estás ? p...
olá! eu também ia cheia de esperanças, quando come...
ola responi tardeas respndi. Sim eu tenho POC e e...
Olá...andava a fazer uma pesquisa sobre poc e enco...
olá! saudades tuas. ainda bem que estás bem. vê se...
tive uma grande necessidade de apagar todos os blo...
favoritos

2009.

pesquisar
 
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro