saga de uma tímida/insegura/atrapalhada/parva cujo dom é sonhar

Sexta-feira, 30 de Abril de 2010

dois medicos fazem um abaixo assinado a pedir explicações ao primeiro ministro sobre o fecho de maternidades sendo esse abaixo assinado feito em papel timbrado do hospital sem que o hospital o tenha autorizado. Compreendo que por parte do hospital haja algum tipo de repreensão porque se vê envolvido o seu nome numa causa que não era oficialmente sua. Mas quando acrescentamos um director que está relacionado com o PS e uma repreensão excessiva que os leva a tribunal e a pagar uma multa leva-me a pensar. Como gosto de ver o lado de toda a gente e não quero ser injusta axo que há duas possibilicdades para a coisa.

Uma das maneiras como posso ver a coisa é de que o primeiro ministro está numa posição privilegiada que muita gente quer e sendo uma figura publica e importante pode ser mais facilmente atingivel e alvo de esquemas de outros politicos e outras pessoas sendo este um caso em que se tenta sugerir que o primeitro ministro tera tido alguma influencia.

Também há a hipotese  de vermos as noticias que nos são dadas por um lado em que se trata de um ministro com esquemas mesmo antes da politica e que tem tendencias a ditadura ao fazer com que em varias situações que vão aumentando varias pessoas vão sofrendo consequencias desapropriadas quando discordam dele. Neste caso veriamos esta noticia como mais um caso desses em que o ministro com a influência que tem e através de um director de um hospital que até é militante do PS, teria feito com que os dois médicos tenham tido castigos exagerados como já teria acontecido a outras pessoas que ou foram despedidas ou repreendidas.

O que eu axo é que somos um país democrático para todos os efeitos e podemos exigir explicações bem dadas das pessoas que nos representam. Axo que utilizarem o argumento que é a imprensa e que são coisas inventadas não xega e mesmo que assim fosse temos o direito de ver as duvidas que nos trazem esclarecidas porque quando se ocupam lugares de destaque publico tem que se estar preparado para essas coisas e tem que se dar explicações que não deixem duvidas meamo que axem as acusações injustas. Axo que há politicos que se esquecem que a sua função é representar-nos e não comandar-nos e ser dobnos de portugal. E no nosso país axo que há muito falta de conhecimento sobre politica e se os jovens devem ser instruidos a ter interesse pelo tema axo que muito importante mesmo é pensar nas pessoas mais velhas porque temos uma população envelhecida e é preciso lembrar que há muitos velhotes que votam num partido a vida inteira porque é assim e pronto sem saberem que projectos o partido apresenta e eu digo-vos que são muitos e que me tenho surpreendido com isso. e isso é mais visivel ao nivel das cidades em que presidentes de camara e partidos são eleitos sucessivamente e penso se muitas vezes esse não será um factor importante, eu vivo numa cidade pequena e isso é uma coisaa coisa bvastante presente. Bom e estou eu a falar de política mas há coisas que mexem comigo porque vejo coisas e sei que outros vêm o mesmo que eu mas não se pode fazer nada ou então pode mas temos que nos unir e é complicado. Precisamos de acreditar em nós e que lembrar-nos de valores como patriotismo.

See ya

escrito por sonhadoraincuravel às 00:58
link do post | dar palpite | favorito

Segunda-feira, 19 de Abril de 2010

ora então uma das noticias que me chamou a atenção mais hoje foi a dos policias que serão avaliados de acordo com as multas que passam. Se ficaram surpreendidos é porque ainda não perceberam que estamos em Portugal. É assim que as coisas funcionam, há um problema, epah resolve-se desta maneira rápida, sem ser preciso puchar pelos brilhantes cérebros engravatados que estão no governo. Epah, mas nós pagamos ao estado para ter pessoas que tomam decisões destas? Pagamos sim. Na verdade até certo ponto somos nós que os escolhemos mas as coisas não são assim tão lineares. Outra coisa que se falou ultimamente e que vem de encontro a esta (in)competência de decisões foi o facto de se aumentarem as aulas de condução obrigatórias. Faz-me rir porque como sabemos quase ninguém dá as aulas de condução que assina e nem sequer o exame médico é feito. Mas predente-se combater esta falta de eficiencia na aprendizagem da condução com mais aulas obrigatórias. Isto leva-me a pensar que realmente há muita gente que decide coisas sem saber minimamente o que se passa. E depois o que vemos é decisões completamente infantis. Porque é a palavra que me ocorre, é uma infantilidade resolver problemas com medidas como as que se vêm tantas vezes em portugal. Se fiscalizassem como deve de ser estas coisas, assim como tantas outras que se resolveriam com fiscalização, eu concordava agora tapar o sol com a peneira, parece qiue é mesmo para dizer que se fez alguma coisa. E lá vão andar os alunos das escolas de condução a assinar mais aulas ainda do que as que já assinam sem fazer. Eu acredito que relativamente às escolas de condução as coisas tenham melhorado ultimamente devido a uma maior consciencialização das pessoas, mas não ha-de ter sido uma mudança que esteja muito longe deste cenário. Bom mas era importante efectivamente que as aulas de condução fossem dadas com condições e que acrescentassem os capítulos em que exlicavam como é errado fazer marcha a trás nas portagens quando se percebe que aquela via é só pra quem tem via verde e o capítulo em que se explica que andar a cinquenta na via da esquerda na auto-estrada também não é muito certo e depois aquele capítulo em que se exlica que resolver ultrapassar um carro e atirar-se para a via da esquerda sem pisca ou qualquer aviso quando vem outro carro nessa mesma via, também é um bocadinho maroto e se não for pedinchar muito talvez o capítulo em que se explica que dizer palavrões no transito também é considerado pecado. Bom e fica aqui a minha dissertação.

See ya

escrito por sonhadoraincuravel às 22:55
link do post | dar palpite | ver comentários (1) | favorito

Sábado, 3 de Abril de 2010

Ainda não fui passear na praia mas vou ver se faço isso amanhã de manhã. De qualquer maneira, como não tenho especialmente o que fazer resolvi vir aqui escrever sobre qualquer coisa. E a coisa que me vem à cabeça é religião. Hoje pensei nisso e tem havido noticias relacionadas com a Igreja Católica pelo que será oportuno até falar disto. Bom relativamente às noticias, são as de pedofilia dentro da igreja católica. Como já disse em alguns comentários por aí é estúpido que façam tanto alarido à volta disto, ou melhor, axo estupido que se reforce tanto a ideia da pedofilia "na igreja católica". A mim não me interessa se é na igreja, na televisão, no escritório dos advogados ou no partido político, o que importa são as pessoas que o cometem e como sabemos isso não escolhe estatuto nem profissão. Por isso é que axo desnecessário que venha o papa pedir desculpas em nome da igreja porque a igreja não tem absolutamente nada a ver com isso (excepto quando encobre os casos, mas isso não me parece que algum dia se venha a comprovar). Bom mas adiante. Não pensem que estou a defender a religião ou coisa do género, axo que é uma questão de justiça e bom senso. Até porque não costumo dizer que sou católica ou budista ou o que seja. Fui educada segundo as regras da religião católica, fiz a primeira comunhão e não fiz o crisma porque axei uma seca (coisas da idade). Mas cedo, na adolescência comecei a questionar certas coisas, no inicio porque era adolescente e queria mesmo era contrariar, depois porque realmente comecei a aperceber-me de certas coisas. E a minha visão neste momento é a de que não tenho necessidade de dar nome à minha religião. Hoje ouvi o Nelson Évora a dizer que a religião que segue (perdoem-me mas não me lembro agora, vou investigar) era importante para ele porque envolvia valores que ele axava que eram os correctos para as pessoas viverem bem umas com as outras e que axava importante essa questão da religião porque numa tenra idade era um optimo meio de incutir valores às crianças. E quando ouvi pensei "é mesmo isso". Eu nesta altura o que axo é que o que devo fazeer é viver segundo os valores que axo correctos e praticá-los (e tenho valores muito bem definidos), não axo que tenha que acreditar num céu, num "Deus", eu simplesmente respeito muito, tenho imensa curiosidade mas não posso afirmar que acredito nisto ou naquilo se não estiver realmente convencida (e axo que nem preciso de estar). Seria até mais confortavel para mim acreditar em algumas coisas, conforta as pessoas. Mas também não rejeito o que as religiões nos dizem, nomeadamente a católica que é a que conheço. Bom mas axo que realmente foi importante eu ter conhecido a religião católica porque me ajudou a interiorizar valores muito importantes. Mas pensando bem axo que as crianças deviam conhecer as várias religiões ou, sei lá, devia incutir-se até nas pessoas mais jovens a curiosidade por outras religiões porque é um tipo de cultura que parece estar a perder a curiosidade dos nossos putos. E bom, é isto, não gosto muito de fazer aquelas críticas que se faz nomeadamente à riqueza da igreja católica, isto da pedofilia, uma coisa é a religião outra são as pessoas que a seguem e que a "regem". Nos próximos tempos vou tentar-me informar sobre outras religiões porque é uma curiosidade que tenho já há algum tempo e axo interessante. De resto, meus amigos, tentem pelo menos ser seres humanos tão bons quanto vos for possivel. Se o fizerem e houver alguma recompensa depois, axo que com isso, se realmente o fizerem, valetá a compensação independentemento do nome que queiram dar às vossas coisas. E entretanto já escrevi tanto lool. Devia canalizar isto pras pessoas quando as conheço lool das duas uma, ou me axavam extremamente interessante ou me axavam estupidamente chata (tou mais pela segunda), raio da timidez. Mas é por isso que é bom ter um blog, não chateamos ninguém desnecessáriamente, quem quer lê, quem não quer não se chateia nem faz frete.

See ya

escrito por sonhadoraincuravel às 23:32
link do post | dar palpite | ver comentários (1) | favorito

ora-deixa-ver-quem-é-esta-croma
Janeiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


rabiscos recentes

...

Decisões portuguesas

religião

últ. comentários
mais do que isso tou com preguiça de ler o que esc...
olá, como vais? este blog é bom se tiver pernas pa...
olá menina, como é que tu estás? saudades tuas.. v...
olá menina. então, como é que tu vais ? eu vou bem...
olá. já tinha muitas saudades tuas. como estás ? p...
olá! eu também ia cheia de esperanças, quando come...
ola responi tardeas respndi. Sim eu tenho POC e e...
Olá...andava a fazer uma pesquisa sobre poc e enco...
olá! saudades tuas. ainda bem que estás bem. vê se...
tive uma grande necessidade de apagar todos os blo...
favoritos

2009.

pesquisar
 
Fazer olhinhos

blogs SAPO


Universidade de Aveiro