saga de uma tímida/insegura/atrapalhada/parva cujo dom é sonhar

Segunda-feira, 20 de Setembro de 2010

Quatro dia - sete coisas que cruzam muito a tua mente

 

1- penso quando e como conseguirei ser feliz com alguém, com um namorado (porque com a familia sou feliz, às vezes provavelmente não pareço, mas sou)

2- penso se sou capaz de acabar o curso, ser feliz, ser realizada profissionalmente e pessoalmente, se sou capaz de acreditar em mim, de estar segura quanto àquilo que estou a fazer profissionalmente, enfim penso muito na minha vida e no que conseguirei fazer

3- penso nos meus medos

4- penso na felicidade da minha família, preocupo-me se estão felizes, pensei muito e sofri porque axei que eles não eram felizes, agora acho que são felizes só que têm momentos em que não andam tão contentes, mas trabalho para que isso não aconteça muito e tento animar o ambiente cá em casa

5- penso a quem faço falta, às vezes penso em quem sentiria a minha falta se desaparecesse, não penso em desaparecer, não é isso que quero dizer, mas penso quem sentiria a minha falta. Obviamente chego à conclusão que garia falta á minha familia com a mesma intensidade que eles me fariam a mim e isso chega-me para pensar nisso pouco tempo, causar sofrimento principalmente a pessoas tão importantes é inconcebivel para mim

6- penso nas coisas que vou fazer, no que tenho que enfrentar, nas pessoas que vão estar à minha volta, no destaque que vou ter e fico nervosa e ansiosa, penso muito

7- penso que sou capaz, e que não vou ser sempre tão ansiosa e insegura, penso que não sou assim tão má, não sou assim tão feia, não sou assim tão dispensavel, que sou alguém que valerá a pena conhecer. Também penso assim às vezes, não dura muito, ou melhor, facilmente mudo de humor e começo a pensar de outra maneira, mas também tenho os meus momentos bons

 

E tantas outras coisas que me passam pela cabeça, coisas que vos interessarão ainda menos que essas, coisas que não posso dizer, coisas que não quero dizer, coisas que não devo dizer lool

 

See ya

escrito por sonhadoraincuravel às 00:25
link do post | dar palpite | favorito

Sexta-feira, 7 de Maio de 2010

Há pessoas que não contentes por estarem mal dispostas, fazem questão de deixar as outras também. Hoje estou-me c****** para essas pessoas que já fizeram do meu dia que até começou comigo tão bem disposta e agora estou menos bem disposta. Mas sinceramente axo que não mereço ficar pior por causa dessas pessoas por isso, por muito que as chateie, estão mal dispostas sozinhas. E tenho dito.

 

See ya

escrito por sonhadoraincuravel às 19:01
link do post | dar palpite | ver comentários (4) | favorito

Terça-feira, 4 de Maio de 2010

não ha nada como um dia bom a seguir a outro. Estou doente e a minha cabeça doi mas tou bem disposta. Hoje sinto-me bonita e bem disposta ha que aproveitar lool. Por isso vou tentar aproveitar o resto do dia e ver se faço do dia uma longa fase boa lool.

See ya

escrito por sonhadoraincuravel às 18:13
link do post | dar palpite | ver comentários (3) | favorito

Quinta-feira, 29 de Abril de 2010

ontem era dia de estar mais despreocupada. De manhã  ia para a universidade já um bocado atrasada por causa do trânsito e lembro-me que me tinha esquecido da bata para a aula prática. Sem ela não podia fazer aula. Tentei arranjar uma mas não consegui e faltei à aula, não tive coragem de ir falar com a professora porque era a mesma que falei quando faltei ao teste poorque me enganei no horário. Agora tenho zero neste trabalho não sei o que fazer e não me apetece pensar nisso. Estou a evitar os problemas, e ainda estou pior assim. Tou sempre a fazer a mesma coisa vou acumulando coisas e ando aqui stressada. Tinha falado com uma colega, amiga do T sobre irmos à queima e ficarmos no meu apartamento mas ela aproveitou-se e pediu pra ficar lá, quer eu fosse quer não. Basicamente impingiu-se e não gostei da atitude as pessoas aproveitam-se das outras com uma lata. Não é má vontade a sério que não, contei à minha mãe e ela pensou a mesma coisa que eu. Não gostei da atitude e até acho que ela não fez isso por mal mas não gostei da atitude e em vez de ser ela a sentir-se mal por se impingir, sou eu que me sinto mal não recusei logo porque sou estúpida e não consigo ser directa com as pessoas. Não lhe quis dizer as coisas por mal e pus problemas à coisa mas ela arranjou maneira de ir na mesma, agora vou arranjar uma desculpa e como a minha mãe disse nem tenho que me preocupar com isso porque não tou a fazer nada de mal. Já nem tenho vontade de ir à queima sinceramente. Enfim, mas até nem estive mal disposta ontem, tentei não pensar muito nos problemas. Hoje não fui a aulas, sai de casa de manhã como se fosse porque também, não queria ficar a manhã toda na cama. Fui dar umas voltas mas ver as pessoas a fazer as suas vidas e irem pro trabalho etc não me faz muito bem, faz-me sentir uma desocupada sem nada para fazer. Enfim fiquei um bocado triste a certa altura mas já estou melhor. Estive a pensar que logo queria ir tomar um café depois de jantar e depois pensei que o T está nas aulas então as minhas opções são essas, vou ficar por casa mesmo. É um bocado triste não ter pra onde se virar. E as pessoas desiludem-me. Bom vou ver se aproveito um bocadinho o calor, vou ver a prenda que vou dar à minha mãe no dia da mãe. Bom resto de dia a todos.

See ya

escrito por sonhadoraincuravel às 14:00
link do post | dar palpite | favorito

Terça-feira, 27 de Abril de 2010

hoje teve quentinho o tempo. A minha mãe esteve adoentada e fiquei stressada com issdo mas até que estamos bem dispostos hoje. Hoje vi um reportagem sobre mães e pais homossexuais que vivem com os filhos. Confirma o que eu penso, a confusão está na cabeça das pessoas quje não vivem a situação. Axo que os problemas que as crianças têm passam pela discriminação que nos, heterossexuais temos. As crianças encaram aquilo com tal naturalidade que provavelmente nem percebem onde há ali motivo para descriminação. Eu axo que realmente a coisa demora a entrar na cabeça da sociedade e o nosso país é pequeno pode dificultar a coisa, mas as coisas vão sendo encaradas com maois naturalidade com o tempo. Claro que é estranho, é um modelo de famuilia ao qual não estamos habituados, mas descriminar não resolve nada a não ser que hajam argumentos bem fundamentados e sinceramente pela maneira como vejo as coisas acontecerem de facto, e não baseando-me em teorias, nenhuma criança sofre pelo fracto de viver com duas mães ou dois pais por si só, sofrem isso sim por vezes com a ignorancia e discriminação gratuita das outras pessoa. E apesar de isso me fazer ficar um bocadinho apreensiva com uma eventual regularização da lei para que isso seja legalmente possivel em portugal, também não podemos parar porque as pessoas não estão habituadas. Mas é o que fazemos muitas vezes. Além disso, quantas familias há em que uma criança chama pai ou mãe a duas pessoas ou situações em que uma criança é educada só por mulheres sem que haja a questão da homossexualidade, enfim, aí ninguém é contra. A questão mopra sobretudo na descriminação em relação aos homossexuais, axo que muitas vezes, mesmo que inconscientemente, na realidade não é directamente a preocupação com a educação das crianças.  A questão devia discutir-se mais eu axo, as pessoas têm que compreender que não podem simplesmente discriminar o que não conhecem ou não compreendem, devem sim começar por tentar compreender efectivamente o que são e como são as coisas. Bom e foi o tema de hoje que me pos a pensar. Amanhã é dia de relaxar lool vamos lá ver se consigo estar calminha. O torcicolo continua sinceramente axo que é stress porque  aumenta em alturas mais stressantes mas se calhar tenho que ir ao médico. Ontem antes do teste estive com a J (a amida da univ) e apareceu uma outra rapariga e vi que a J não é assim tão parecida comnigo, é bastante mais desinibida em termos de estar com as pessoas e sair enfim, senti um bocado triste porque sentia sempre um apoio no facto de sermos parecidas. Mas não quero dar muita importancia a isso. Sou assim, tou a tentar limar algumas coisas que me fazem sentir menos bem e enfim, eventualmente encontro o meu lugar.

See ya

escrito por sonhadoraincuravel às 23:11
link do post | dar palpite | ver comentários (1) | favorito

Segunda-feira, 26 de Abril de 2010

tenho vindo menos aqui ao blog porque tenho tido pouco tempo Este fim de semana trive muitas coisas pra fazer. Na sexta fui tomar café com o T. e uns amigos, assinei as fitas à concorrencia lool, um rapaz que ta na minha area, fui ao cinema e cheguei tarde a casa. No sabado fui a vila real à bençãpo das pastas de um amigo. Foi uma canseira ele tava bêbado ainda e ta muito diferente. Vim muito cansada e no Domingo descansei e estudei um bocado para um teste. Hoje fiz o teste e foi uma vergonha, o prpof fez um teste enorme dava cinco minutos para procurar as respostas nos artigos que nos tinha dado que tinham bastantes paginas e escrever para cada pergunta. Toda a gente se queixou. Eu fiz o teste com uma amiga que foi fazendo umas perguntas e eu outras mas mesmo assim respondi a poucas. Bom na quarta feira passada foi dia de relaxar mas não consegui relaxar muito, tava atrasada para a aula prática corri pra lá e depois não fui à aula de tarde, relaxei em certos momentos. Hoje foi dia de relaxar também mas de manhã foi o teste, à tarde também estive um pouco tensa, tentei a certa altura relaxar com o que me punha tensa mas não sei se con segui. Ando com um torcicolo há muito tempo não sei se é stress porque ao longo do dia pior. Ando a cxegar um creme para ver se melhoro as marcas na cara mas não esta a fazer assim grande coisa axo eu. Estes dias também estreei a minha piscina com a minha mãe, vai ser bom fazer exercicio assim, os dias estão quentinhos e é bom apoanhar sol e bronzear. Ando a pensar na minha tatuagem queria mesmo fazer e o piercing na orelha também, talvez faça por aqui disseram-me que é seguro tenho que ver. Para além do significado da tatuagem axo que preciso de uma marca de uma coisa minha não sei bem explicar mas enfim vou ver se faço. E têm sido assim os meus dias, tenho tido actividade mas tambémn tenho pensado em cursos, vocações, sobre se sou capaz de acabar o meu curso e tenho pensado numa coisa que me tem feito doer a cabeça, penso às vezes a na psicologa também me disse que com a cabeça xeia como ando se calhar é dificil tar a concentrar-me e a estudar direito mas tenho um medo, se isso não for bem assim, se eu descubro que simplesmente não tenho capacidade ou me tou a dar à preguiça. Se calhar preciso pensar sobre isso pra me resolver, axo que tenho que rwsolver isso mas não me apetece aprofundar a copisa por enquanto.

See ya

escrito por sonhadoraincuravel às 22:36
link do post | dar palpite | favorito

Terça-feira, 20 de Abril de 2010

Uma das coisas que sinto mais é desilusão. Nao é uma coisa que me aperceba muito mas ensando no assunto percebi que realmente sinto varias vezes isso. Estou a dar conta que apesar de se calhar até muitas vezes axar que não, faço muitas expectativas. Espero sempre o melhor das pessoas (apesar de axar que aceito bem de mais as imperfeições que todos temos). No fundo axo que tinha todas as condições para me sentir plenamente feliz, não tenho problemas familiares, damo-nos todos bem, pude ir para a universidade, tenho o meu carro que me dá muita liberdade, até ao liceu o meu percurso académico não tinha muito a apontar, tenho um bom ambiente à minha volta. Enfim, isso faz-me sentir desiludida por isso não me fazer sentir melhor. Também axo que tinha expectativas em relação à minha vida académica que não foram muito de encontro com o que depois escolhi. Há uns cinco anos atrás se me perguntassem sobre a escolha de um curso etc eu diria com segurança que só fazia sentido escolher um curso para o qual sentissemos aquele chamado, a vocação. Não fiz nada disso. E agora os resultados são tão aquem do que eu gostaria, que me faz sentir desiludida. E além disso penso de vez em quando se seria mais feliz se tivesse escolhido educação de infancia. Hoje se calhar tinha escolhido esse curso. Em termos amorosos bom, já se sabe, eu que me julgava tão sonhadora, que imasginava contos de fadas acabei por estar quatro anos numa relação sem estar apaixonada a maior parte do tempo. Na prática o que mais consegui nessa relação foi sofrimento que ia camuflando até pra mim mesma. Claro que havia coisas boas, sem duvida nenhuma, mas no fundo tinha sempre presente a ideia de que aquilo não ia ser uma relação com futuro. E penso se não o tivesse conhecido e as coisas não fossem naquelas circunstancias se algum dia tinha permitido que alguém me conhecesse como ele. Ou seja, esta relação que foi fracassada acabou por ser o melhor e a unica coisa que consegui a esse nivel. Bom, acabo por olhar pra mim e estar desiludida porque nem estou plenamente realizada com o que tenho, nem consegui tomar um rumo de que me orgulhe, a decisão mais importante que tomei deixa-me dúvidas enfim, às vezes custa-me olhar pra mim e sentir orgulho em alguma coisa. Como dá pra ver não estou exactamente bem-humorada hoje. Fui ao ginásio, não há assim nada que me tenha agradado esecialmente mas talvez opte por umas aulas de pilates, tenho  que ver melhor.

See ya

escrito por sonhadoraincuravel às 20:52
link do post | dar palpite | ver comentários (2) | favorito

Segunda-feira, 19 de Abril de 2010

Não foi muito fácil fazer o exercicio que tinha falado. O meu dia foi basicamente acordar de uma noite mal dormida porque estava com dores de estômago, não fui à aula de manhã, depois acordei por volta das onze e meia, tomei banho, vesti-me, saí de casa a almoçar uma sandes porque já não tinha tempo para almoçar. Não tava stressada mas queria ir à aula por isso fiz o que faço muitas vezes que é ir a conduzir e a almoçar lool. Bom, cheguei à aula um bocado atrasado, quis tanto não stressar que entrei a tremer na aula nem sei bem porque. Tentei não pensar muito no assunto e depressa o nervosismo passou. Fepois da aula pensei em ir até à praia dar uma volta, mas acabei por ir para a zona do norte shopping procurar um sítio que pensei que lá existia onde se faziam tatuagens, mas não encontrei. Depois vi lá a sinalização "Foz" e foi pra lá que virei. Não conheço bem aquilo em termos de condução mas não me atrapalho muito. Fui pela zona de matozinhos e soube bem percorrer aquela zona. É engraçado que há muita gente a passear por lá mesmo num dia de semana. Bom, vim pra casa. Em casa ouvi música e fiz um pouco de exercicio mas hoje não sei porque não estava propriamente relaxada. Apesar de ter ido passear e ter ouvido música enfim. Tentei não pensar em grande coisa não me preocupar. Mas hoje o humor não era grande coisa. O objectivo era relaxar e acabei por não aproveitar grande coisa. Talvez porque não dormi muito bem porque de resto não houve assim nada de especial no meu dia. Ou talvez tenha sido isso, não aconteceu nada assim de bom que tenha merecido especialmente que eu saisse da cama. Se calhar criei inconscientemente espectativas em relação a aproveitar o dia, axei que ia tar bem disposta e que tudo ia parecer lindo a maravilhoso e depois foi um dia normal e nem sequer passear pela Foz ou fazer exercicio me deixou relaxada. Enfim, na quarta feira vou tentar de novo aroveitar as coisas, sem preocuações. Amanhã vou ver se vou a um ginásio ver que aulas há lá, axo que mesmo que não haja nada que me diga muito, axo que qualquer coisa que envolva dança e música me vai animar. E bom, é isto que vos digo por hoje. Tenham uma boa semana.

See ya

escrito por sonhadoraincuravel às 22:17
link do post | dar palpite | favorito

Terça-feira, 13 de Abril de 2010

ontem fui fazer o teste, enganei-me no horário. Fiquei arva, tinha estudado e faltei ao teste or estupidez, olhei para o horário e achei que era aquela a hora sei lá, não sei explicar. Quando me apercebi fui ver o horário e vi que tinha faltado ao teste. Falei com a professora ela não ioa dar mais teste naquela semana, tinha sido a ultima turma a fazer. Enfim e é menos uma disciplina, mais um exame. Se o ânimo já estava mais baixo do que quando começou o semestre, agora ainda estou mais desmotivada. Enfim, não quero dar muita importância a isso mas é dificil. Fui dar uma volta de carro antes de vir para casa apetecia-me chorar mas não consegui. Ás vezes acho-me parva por acreditar em certas coisas, mais vezes do que gostava ultimamente. Não precisam de ser coisas concretas mas às vezes idealizo ou sonho demais se calhar (eu sei que geralmente se diz que sonhar não é de mais, que nos leva mais longe, mas eu axo que sonhar de mais não é muito bom), as coisas não são ideais, e temos que fazer por elas e eu não saio do sítio, as coisas não me vão cair no colo eu sei, mas às vezes nem tenho vontade de fazer por elas. Já disse que era complicada? O que faço se de cada vez que tento fazer alguma coisa por mim, que sinto que estou a caminhar num sentido, parace que as coisas não resultam em nada, que aquilo que eu axava que era um esforço não é NADA. Ontem tentei pensar que enfim, era uma porcaria ter faltado ao teste assim mas que eram coisas "normais" que podiam acontecer a qualquer um. Mas o que sinto é que fiz um esforço grande para encontrar motivação para estudar, até consegui ter motivação, estudei tanto quanto pude e chego lá depois do teste. Juntando isso aos poucos resultados que tenho conseguido na universidade com o meu esforço, como posso pensar que isto não é desmotivante, onde é que arranjo vontade de estudar, só tenho provas que não consigo. Normalmente isto não é tão significativo pra outras pessoas, imagino outras pessoas que soubessem disto a pensar que eu era mesmo fraquinha, provavelmente até há pessoas que olhariam pra isto como um motivo para se esforçarem mais. Eu não, a realidade é que sou mesmo fraca. Bom, além disto ando a sentir-me sozinha, tenho a minha família e não desprezo isso de maneira nenhuma, mas enfim, sinto-me sozinha. Já sentia quando tinha namorado porque não estava apaixonada por ele, agora que nem isso tenho, sinto-me aliviada por não estar resa a essa situação, mas ainda me sinto mais sozinha. Eu tento encontrar sentido para a minha vida, mas às vezes é dificil.

see ya

escrito por sonhadoraincuravel às 14:32
link do post | dar palpite | ver comentários (4) | favorito

Sexta-feira, 9 de Abril de 2010

Hoje estou mais contentita. Porquê? Principalmente por causa do sol, ele já lá tava ontem e ante-ontem mas pronto, hoje estava mais bem disposta, sem nunhum motivo assim especial. Ontem um amigo convidou-me para a missa de finalista, fiquei melancólica orque ele entrou um ano depois de mim e já está com o curso quase feito. O curso dele é diferente, é mais para a vertente do talento que se tem, não é tanto de estudar, requer esforço mas é um esforço diferente. Bom, não quero estar a pensar muito nisso, eu sei que não sou a única a ter disciplinas para trás no meu curso e sei que enfim, não corre a toda a gente da mesma maneira. Bem, não fiz grande coisa hoje, passeei um bocado de carro com a minha mãe, fui lanchar. Estive a pensar no meu avô que eu nunca conheci. É engraçado que apesar de não o ter conhecido quando era pequena e ia à catequese, por livre e espontânea vontade sem dar conhecimento a ninguém, sabia que ele estava enterrado no cemitério lá da igreja onde tinha catequese e fui procurar onde ele estava. Fui lá algumas vezes e nem sabia o que se fazia, não sabia se se rezava se se falava, axo que fiz as duas coisas. Axo que ele era muito boa pessoa, tinha defeitos e coisas típicas da época mas axo que era muito boa pessoa. É engraçado que no outro dia falava de fé e de religião e há uma coisa que eu sinto desde cedo que é uma ligação com o meu avô. Não me viro tanto para questões religiosas mas se calhar viro-me mais para "falar" com o meu avô, axo que às vezes penso se a energia dele não estará comigo às vezes para me proteger. Sei lá tenho essa coisa, não quero pensar muito no que acredito ou não não vale a pena por nomes às coisas axo eu, são coisas intimas, pessoais. Bom espero que estejam todos bem dispostos com o solinho, com muito bom humor, muito amor e muita coisa boa.

See ya

escrito por sonhadoraincuravel às 22:11
link do post | dar palpite | ver comentários (2) | favorito

ora-deixa-ver-quem-é-esta-croma
Janeiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


últ. comentários
mais do que isso tou com preguiça de ler o que esc...
olá, como vais? este blog é bom se tiver pernas pa...
olá menina, como é que tu estás? saudades tuas.. v...
olá menina. então, como é que tu vais ? eu vou bem...
olá. já tinha muitas saudades tuas. como estás ? p...
olá! eu também ia cheia de esperanças, quando come...
ola responi tardeas respndi. Sim eu tenho POC e e...
Olá...andava a fazer uma pesquisa sobre poc e enco...
olá! saudades tuas. ainda bem que estás bem. vê se...
tive uma grande necessidade de apagar todos os blo...
favoritos

2009.

pesquisar
 
Fazer olhinhos

blogs SAPO


Universidade de Aveiro